Dr. Adriano Leonardi

Artigos

A instabilidade femoropatelar do joelho

O mau alinhamento do que chamamos de “aparelho extensor” (figura 1), um conjunto de estruturas da frente do joelho composto pela patella, tendão patelar e músculo quadríceps é um problema comum na prática ortopédica, acometendo, principalmente pacientes do sexo feminino.
Figura 1: O aparelho extensor do joelho.
As setas azul, vermelha, amarela e verde mostram o músculo quadríceps, patela, tendão quadricipital e patelar, respectivamente.

 

 

 

 

 

Pessoas que possuem o que chamamos de genu valgo, ou seja, joelho em “x” leva ao aumento do ângulo Q (angulo quadricipital), fazendo com que diminua a contenção da patela. Isso, associado à hipotrofia ou diminuição de força do músculo vasto medial força a patella a sua lateralização, principalmente entre os ângulos de 30 e 60 graus e, dependendo da quantidade de energia cinética, a patela sai de seu “trilho” e luxa para fora do joelho (figura 2).

Figura 2

O primeiro episódio é geralmente seguido de dor intensa, inchaço e incapacitação imediata. Em geral, o paciente não consegue recolocar a patela em seu lugar, sendo necessária a redução em serviço de emergência ortopédica.

Figura 3: luxação aguda da patella de joelho esquerdo do atleta.

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação

Conceitualmete, reconhecem-se situações distintas para a instabilidade da articulação patelo femoral, sendo a luxação habitual do joelho aquela que ocorre toda vez que o joelho é flexionado; a recidivante, a que ocorre ocasionalmente com frequência variável, caracterizada, portanto, por episódios isolados frequentemente associados à história de trauma acompanhado de dor intensa e edema, à forma permanente, presente desde o nascimento, causada, portanto, por alterações congênitas, e situações de subluxação em qualquer dos casos.

Tratamento

Devido à grande incapacidade que a instabilidade da articulação femoropatelar provoca no paciente, seja para o desenvolvimento da prática esportiva e mesmo em suas atividades diárias, o tratamento dessa patologia é motivo de grande interesse.

 

1. Fisioterapia

A insuficiência do VMO levará ao arrastamento lateral da patela. O treinamento do VMO é importante para eliminar a disfunção patelo-femural. Entretanto, na literatura ainda há controvérsias sobre a ação muscular na estabilização patelar, enquanto alguns trabalhos sugerem haver desequilíbrios na amplitude da atividade elétrica dos músculos vasto medial oblíquo (VMO) e vasto lateral (VL), outros não observaram este fato. Ultimamente, tem sido dado especial interesse nos músculos estabilizadores do quadril, em especial os glúteos médio e mínimo e rotadores laterais, pois sua estabilidade preveniria o “tilt” lateral do joelho.

2. Tratamento cirúrgico

Este tem sido o tratamento de escolha para os pacientes que tiveram três ou mais episódios BEM DEFINIDOS de luxação femoropatelar, pois acredita-se que o afrouxamento das estruturas de contenção medial (da parte de dentro) do joelho façam com que a ação muscular seja insuficiente em segurar a patela em seu “trilho”.

Inúmeras técnicas já foram descritas no tratamento cirúrgico desta doença, mas há 10 anos tem sido empregada a técnica de reconstrução do ligamento femoropatelar medial com excelente resultados. (Figura 4)

Figura 4: esquema mostrando a reconstrução do ligamento femoropatelar medial e sua fixação do fêmur e patella

 

 

 

 

 

 

O enxerto utilizado pode ser tanto o tendão gracil, quanto o semi-tendineo a fixação do mesmo na patela pode ser feita com parafusos ou ancoras.

 

 

Comente

32 comentários

  1. KELLEN PERES DA SILVEIRA

    Dr. Adriano, tenho 39 anos e desde criança tenho luxação patelar, fiz um realinhamento a 2 anos e descobri que tenho uma deformidade no retináculo, sendo que minhas luxações todas aconteciam ao contrário( pra dentro da linha do corpo). Se possível gostaria de saber mais sobre isso, apesar de todos esses anos em tratamento ainda não consegui um resultado definitivo e isso me traz um conjunto de problemas que parecem não ter fim. Obrigado

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Kellen, nao posso dar minha opiniao sobre sua doença pq vc nao é minha paciente.
      Mas, os casos de luxaçao patelar medial (para dentro) sao raros, geralmente ligados a uma maior frouxidao ligamentar e alteraçoes anatomicas mas existe tratamento cirurgico para isso tambem.

      Responder
      • Simone Magna

        Dr. Adriano.
        Fiz cirurgia no joelho de reconstrução do ligamento e menisco aproximadamente a 4 anos. Desde então, minha patela já saiu do lugar 6 vezes, mesmo eu fortalendo na academia. Porque ocorre isso e como tratar?

        Responder
        • admin

          Boa noite, Simone

          Entendo a ansiedade que a lesão pode estar te causando, mas fica difícil eu emitir uma opinião sem ver teus exames e te examinar minuciosamente.

          Se puder passar comigo, será um prazer poder te ajudar. O endereço e telefones do consultório sao:

          Rua Bento de Andrade,103
          Ibirapuera SP/SP
          Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

          Att

          Responder
      • Lara

        Dr.Adriano estou com um problema no joelho, eu estava no alongamento,quando de repente a patela saiu do lugar, mas depois ela retornou ao lugar, agora ela ja saiu do lugar umas 4 vezes…gostaria de saber se o meu caso é de cirugia.

        Responder
        • Dr. Adriano Leonardi

          Oi, Lara.

          Entendo a ansiedade que a lesão pode estar te causando, mas fica difícil eu emitir uma opinião sem ver teus exames e te examinar minuciosamente.

          Se puder passar comigo, será um prazer poder te ajudar. O endereço e telefones do consultório sao:

          Rua Bento de Andrade,103
          Ibirapuera SP/SP
          Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

          Att

          Adriano Leonardi

          Responder
  2. Renê Requião Paim

    Dr. Adriano, tenho 21 anos, em 2007 sofri uma luxação patelar jogando bola, não fiz nenhum tipo de tratamento, no período de 6 anos eu pratiquei artes marciais ( jiu jitsu e muay thai, sentia dores ao fazer alguns exercícios na academia para os membros inferiores, e em 15 de novembro de 2013 sofri mais uma luxação, todas a patela saindo para o lado esquerdo. Um médico indicou-me a cirurgia de realinhamento patelar, haja vista que meu TAGT estar 16 MM,
    Gostaria de saber, se depois da cirurgia eu vou ter a mesma capacidade do que antes para praticar meus esportes, como jogar bola e lutar? só um pequeno detalhe, nunca luxou lutando, as duas vezes que tive a luxação foi jogando bola.

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Rene, o consenso mundial é de se operar uma instabilidade femuro-patelar apos 3 episodios. Até 2, indica-se tratamento conservador.
      Converse com seu médico ou pegue uma segunda opiniao.

      Responder
  3. Raissa Carvalho

    Dr Adriano, tenho 25 anos, sofri luxação aguda da patela esquerda há 3 anos na academia, e até hoje sinto dores e de vez em quando ela sai do lugar, mas não tão dolorosa como da primeira vez e às vezes ela corre pra cima também (em direção a coxa). Já fiz quase 2 anos de fisioterapia, algum tempo de academia, mas nunca deixei de ter problemas. Uma TC revelou aumento na distância TA-GT, com 19mm, Sulcos trocleares rasos, descentralização e desvio rotatório lateral dos 2 joelhos (o direito eu nunca sofri luxação), que se acentuam com a contração quadricipital.
    Fui a 4 médicos, e todos me indicaram cirurgia. Mas o último me disse que a cirurgia deveria ser de joelho aberto, e teria que colocar pinos para segurar a patela, e fazer o realinhamento. Existe outra forma de resolver ou amenizar o problema sem cirurgia, ou ao menos com um procedimento cirúrgico mais simples?

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Oi, Raissa. Apos 3 episodios de luxaçao femuro-patelar existe indicaçao formal de tratamento cirurgcio.
      Hoje em dia, rcosntruimos o ligamento femuro-patelar medial com altas taxas de sucesso
      Esta cirurgia é feita parcialmente aberta e artroscopica.
      um abs

      Responder
  4. Kleber cury

    Dr. Adriano, minha filha tem 7 anos e desde os cinco percebemos que quando ela estica sua perna a panela ,corre para os lados, passamos no ortopedista que nos disse que ao longo do crescimento iria melhorar ,hoje com 7 anos , passamos novamente num outro ortopedista que nos pediu exames e indicou sessões de fisioterapia ,nos comunicando que ela terá que fazer o resto da vida, ela teve alguns deslocamentos com dor que some no mesmo instante em que volta ao lugar, e não houve luxações aparentes, pois em segundos a dor some. O medico disse que na idade dela não há necessidade de cirurgia , mas nos preocupamos em sentido de não haver mesmo necessidade de cirurgia,precisamos de uma segunda opinião .

    Responder
  5. Eloísa

    Olá Dr.,
    Desde pequena tenho deslocamento patelar. Aos 11 anos fiz realinhamento, mas voltou a deslocar, novamente aos 16 fiz uma cirurgia, agora com a colocação de pinos. Hoje aos 22, notei que ainda não está 100% e sinto dores e ele ameaça a deslocar, não acontece, mas a sensação é horrível. Existe alguma técnica ou cirurgia que possa resolver por completo o problema? É um tanto traumático não poder fazer atividades físicas como qualquer outra pessoa, como por exemplo, nunca pude correr na minha vida.

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Boa tarde, Eloisa.
      A tecnica cirúrgica mudou bastante nos últimos anos. Hj em dia tem se indicado pouco o realinhamento. A reconstrução do ligamento fumeiro-patelar medial tem tido excelentes resultados e baixos índices de re-lesao.

      Responder
  6. Daisy

    É tão bom ler um artigo completo como o seu doutor, parabéns. Gostaria de ler mais sobre exercícios indicados nos casos de luxação patelar permanente (meu caso), já cai várias vezes quando criança até fase adulta o que diminuiu pelo cuidado. O senhor tem outros artigos? Nunca fiz cirurgia, faço apenas musculação. Muito obrigada

    Responder
    • admin

      Oi, Daisy.
      Existem sim exercícios para esta doença, mas eles tem que ser individualizados para cada caso, levando -se em conta grau de instabilidade e lesão de cartilagem associada ou não.
      Em geral, eu monto a planilha junto a um educador fisico de confiança para cada pessoa que acompanho.
      Por este motivo, não posso orientar que não seja meu paciente.

      Responder
  7. Amanda

    Doutor Adriano, desde criança tenho luxação patelar nos dois joelhos. O meu médico me falou que eu tenho as patelas muito lateralizadas e um sulco raso. Em 2010 com 15 anos fiz uma cirurgia de realinhamento patelar no joelho esquerdo, mas depois de um tempo o joelho voltou a luxar. Em Agosto de 2015 fiz o realinhamento + femoropatelar medial no joelho direito. Após a cirurgia do joelho direito, o joelho esquerdo que já havia voltado a luxar a alguns anos, começou a doer bastante e dói muito até hoje. Doi para andar, subir escadas, levantar e sentar. Meu fisioterapeuta disse que poderia ser uma lesão na cartilagem como uma “artrose” devido a meus vários episódios de luxação patelar, quase todo dia pelo menos um dos meus joelhos luxavam. No dia 25 desse mês vou fazer a reconstrução do ligamento femoropatelar no joelho esquerdo, o que voltou a luxar. Há uma possibilidade de após essa nova cirurgia o meu joelho parar de doer? Ou existe algum tipo de tratamento/cirurgia para essas dores? É horrível.

    Responder
    • admin

      Cara Amanda,
      Boa tarde.

      Entendo a ansiedade que a lesão pode estar te causando, mas fica difícil eu emitir uma opinião sem ver teus exames e te examinar minuciosamente.

      Se puder passar comigo, será um prazer poder te ajudar. O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

      Responder
  8. Andressa

    Dr. Adriano,

    Ja tive 3 luxações na patela e dois médicos ja falaram que eu tenho que fazer cirurgia. Faço musculação para fortalecimento mas de vez em quando sinto uma insegurança.
    Qual é o tempo de recuperação e em quanto tempo poderei voltar para a academia?
    Obrigada!

    Responder
    • admin

      Cara Andressa,
      Boa tarde.

      Entendo a ansiedade que a lesão pode estar te causando, mas fica difícil eu emitir uma opinião sem ver teus exames e te examinar minuciosamente.

      Se puder passar comigo, será um prazer poder te ajudar. O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

      Responder
  9. Fabiana

    Sou Fabiana fui vitima de acidente de moto fiz patelectomia total posso ficar com sequelas??posso colocar prótese??quero andar normal pelo amor de Deus me ajude!!!

    Responder
    • admin

      Boa tarde, Fabiana.

      Agradeço muito o contato pelo site.
      Entendo a ansiedade que a lesão pode estar te causando, mas fica difícil eu emitir uma opinião sem ver teus exames e te examinar minuciosamente.
      A chave do sucesso do tratamento começa por um diagnóstico acurado.
      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar. O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

      Att

      Dr Adriano Leonardi

      Responder
  10. Aline Louback

    Dr.Adriano,
    Aos meus 22 anos, minha patela saiu do lugar pela primeira vez, e depois três vezes a cada seis meses, e depois diminuiu para uma vez ao ano. Nessa época a petela saia do lugar, quando eu movimentava o corpo para o lado sem tirar os pés do chão. O médico que me atendeu nessa época, disse que o meu caso era cirúrgico, mas não tive coragem da cirurgia.
    Passei 4 anos sem apresentar nenhum problema no joelho.
    Mas agora com 30 anos, ele saiu 3 vezes no intervalo de 15 dias, e percebi que a petela sai do lugar, quando faço o simples movimento de dar passo. E tenho sentido dores fortes na lombar seguindo até atrás do joelho.

    Obrigada!

    Att.,
    Aline Louback

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Bom dia, Aline.

      Agradeço muito o contato pelo site.
      Entendo a ansiedade que a lesão pode estar te causando, mas fica difícil eu emitir uma opinião sem ver teus exames e te examinar minuciosamente.
      pela sua historia de instabilidade femuropatelar crônica, provavelmente você seja candidata a reconstrução do ligamento femuropatelar medial. Tenho feito esta técnica ha 10 anos com excelentes resultados.
      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar. O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

      Att

      Dr Adriano Leonardi

      Responder
  11. denise augusta pereira de souza

    TENHO 31 ANOS E FAÇO EXERCÍCIOS, TENHO MINHA VIDA ATIVA, MAS DESCOBRI UMA INSTABILIDADE PATELAR, PORÉM O MÉDICO NÃO QUER FAZER CIRURGIA DEVIDO MINHA MÃE TER FALECIDO DE EMBOLIA PULMONAR APÓS UMA CIRURGIA DE JOELHO, ELE TEM MEDO DESSA EMBOLIA SER HEREDITÁRIA E EU VIR A ÓBITO TAMBÉM. ESTOU FAZENDO FISIOTERAPIA PARA FORTALECIMENTO, ALONGAMENTO, MUSCULAÇÃO PARA FORTALECIMENTO VMO E DO CORE E GELO. TEM MELHORADO, MAS AMO DANÇAR E LUTAR MUAY THAI, NO ENTANTO, ESTOU LIMITADA. SERÁ QUE TEREI CHANCE DE VOLTAR AO NORMAL?

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Bom dia, Denise.
      Para pacientes meus que tenham qq indicacao cirurgica e tem historia familiar de trombofilia, sempre peço avaliação de um vascular ou hematologista para investigar melhor todos os fatores. Mesmo que haja algum fator de risco, sempre existem mecanismos preventivos como medicações anti-coagulantes, por exemplo que são administrados tanto no pre, quanto no pós operatório. Já operei vários pacientes com estas condições e numa tive nenhum problema.

      Responder
  12. Luciana Cardoso

    Boa tarde!
    Dr. Adriano,
    Tenho deslocamento patelar nos dois joelhos, começou aos 13 anos e hj estou com 38. Percebo que o joelho esquerdo tem uma instabilidade maior que o direito, aprendi a viver com este problema, evitando atividades físicas com impacto e cuidados com os movimentos que sei que podem causar o deslocamento, porém nunca tive um diagnóstico completo do meu problema e uma opinião que me passe segurança, tenho me preocupado pois devido a instabilidade tive perda de cartilagem nos dois joelhos. E já estou cansada de viver com este problema, gostaria de saber qual o tempo de recuperação da cirurgia para que eu possa voltar ao trabalho, vida normal. Vc atende convênio? Gostaria de passar por uma consulta para ouvir sua opinião.

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Boa tarde, Luciana

      Agradeço muito o contato pelo site.

      Para um melhor atendimento e seguimento de meus pacientes, não atendo a
      planos de saúde. Para procedimentos cirúrgicos, realizo através do sistema
      de reembolso, sem ônus ao paciente.

      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar. O
      endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

      Att

      Dr Adriano Leonardi

      Responder
  13. ZELIR

    Dr. Adriano, tenho a patela solta nos dois joelhos, já sairam mais de tres vezes.
    Vou fazer a cirurgia de realinhamento patelar, minha pergunta é: posso fazer os dois joelhos juntos?

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Ola.
      depende da habilidade cirurgica de quem vai te operar.
      Dependendo do caso e da tecnica a ser empregada, eu faço os 2 ao mesmo tempo.

      Responder
  14. Juliana

    Fiz cirurgia de luxaçao aguda da patela. Estava sem dor alguma no inicio da fisio, mas agorq estou sentindo dor ao dobrar o joelho, e essa dor irradia para a altura do gluteo. É normal?

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Boa noite por motivos éticos óbvios e pela grande diferença de habilidades cirurgicas, não oriento pós-operatórios de cirurgias realizadas por outros médicos.

      Responder