Dr. Adriano Leonardi

Artigos

Síndrome da plica sinovial do joelho

A Síndrome de plica é um lesão relativamente frequente no joelho de atletas e
esportistas que, se não tratada de maneira correta, pode comprometer a performance e levar ao afastamento do esporte.
Plica Sinovial_Dr Adriano Leonardi_Especialista do JoelhoEm geral, ocorre quando uma estrutura denominada plica sinovial medial, uma invaginação normal da membrana que envolve o joelho presente em 50 a 70% das pessoas interpõe-se entre a patela e femur torna-se irrandotada e inflamada causando incomodo, dores, estalidos e inchaço, com acúmulo de líquido dentro da articulação.

 

Mas, por que esta estrutura torna-se irritada?

Em geral, ocorre durante esportes cíclicos (repetitivos) como a corrida de rua, trekking e ciclismo. Isso pode ocorrer durante um longo período de tempo, como quando a plica é irritado com certos exercícios, movimentos repetitivos, ou ajoelhada.

Classicamente, são pessoas que praticam esporte com regularidade e, por determinados motivos, afestam- se e, ao retornarem possuem algum grau de fraqueza ou desequilíbrio muscular, além de eventual ganho de peso.

Também pode ocorrer subitamente, por exemplo, quando o joelho é atingido na área em torno do plica medial. Isso pode ocorrer a partir de uma queda seguida de entorse do joelho ou de uma contusão. Isso pode levar a cicatrização e espessamento do tecido da plica mais tardiamente, levando à recorrência de sintomas e eventual lesão secundária da cartilagem

 

+ A musculação pode lesionar o joelho?

 

Os sintomas

Queixas frequentes envolvem:

  • Dor no lado interno da patela
  • Sensação de ressalto na regiao de dentro da patela
  • Irritação , sensação de peso no joelho
  • Inchaço apos atividade fisica

 

Diagnóstico

plica sinovial

Local clássico da dor e desconforto da síndrome da plica sinovial

O diagnóstico começa com uma história e exame físico. O exame é utilizado para tentar e determinar onde a dor se encontra e se a plica é ou não sentida. Os raios X não mostrará a plica.

Se há incerteza no diagnóstico após a a primeira avaliação, a Ressonancia magnética deve ser solicitada. Neste exame de imagem considerado hoje como padrão ouro, nota-se a estrutura espessada, interposta e associada ou não a lesões cartilaginosas.

Infelizmente, é muito comum receber pacientes no consultório que chegam com diagnóstico prévio de condromalácia e, obviamente, sem sucesso de tratamento.

corte de uma ressonância magnética mostrando a plica sinovial inflamada e aumentada (setas)

Corte de uma ressonância magnética mostrando a plica sinovial inflamada e aumentada (setas)

 

 

Tratamento

Felizmente, como a doença esta ligada ao mau funcionamento muscular, a grande maioria das pessoas se beneficia com o tratamento não cirúrgico. O objetivo principal é reduzir a inflamação e a fricção e retomar uma boa função muscular.

Inicialmente, solicita-se afastamento de atividades como correr, pedalar, ou determinadas máquinas na academia. Recursos antiinflamatórios são empregados na fisioterapia como o laser, ultrassom e gelo sob pressão. A seguir, inicia-se a ativação muscular e progride-se com o fortalecimento, visando que o músculo anterior da coxa (quadríceps) recupere sua capacidade de absorver a energia cinética do esporte.

Havendo melhoria de sintomas, verifica-se o equilibrio muscular pela avaliação isocinética e retoma-se o esporte de maneira gradual e progressiva.

 

E quando o tratamento não-cirúrgico não é eficaz?

Em alguns casos, onde o controle de sintomas está sendo difícil tanto pela dor, quanto pelos inchaços no joelho, pode-se utilizar recursos alternativos como:

Infiltração de cortisona sobre a plica, ou simplesmente na articulação do joelho. A cortisona é um medicamento anti-inflamatório poderoso, mas deve ser usado com moderação dentro articulações. Há sempre um risco de infecção associado com injecções qualquer articulação.

 

Terapia de Ondas de Choque

terapia de ondas de choque no joelho

Para esta lesão, em países com os EUA e Canadá, tem se tornado como primeira opção para atletas que necessitam de retorno rápido ao esporte. A Terapia por Ondas de Choque se baseia em ondas de energia acústicas que estimulam o regeneramento do tecido e ativam os mecanismos de defesa do corpo. Ao contrário do que alguns pensam o tratamento não é elétrico: um gerador emite ondas sonoras que se somam e se concentram em um ponto à sua frente, proporcionando um efeito biológico em patologias profundas que requerem maior concentração de energia. Em geral, os melhores resultados ocorrem apos 4 a 6 sessões semanais.

 

Cirurgia

Se todas as tentativas de tratamentos não-cirúrgicos falham, a cirurgia pode ser sugerida. Normalmente, é realizada atraves de videoartroscopia simples em reduzido tempo cirurgico e consiste na simples remoção da estrutura. Não existem problemas relatados após sua remoção.

No período pós operatório, o paciente deve reabilitar visando redução da dor e melhoria da função muscular.

 

dr-adriano-leonardi-especialista-do-joelhoDR. ADRIANO LEONARDI

Médico ortopedista especialista em traumatologia do esporte e cirurgia do joelho. Médico e fisiologista do esporte. Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Ambientes Remotos e Esportes de Aventura. + Conheça o Profissional

2 comentários

  1. Thiago Silva - 10 de julho de 2016 13:55

    Boa tarde doutor, meu nome é Thiago Silva tenho 28 anos e pelo que eu pude ler aqui tenho esses mesmo sintomas e gostaria de saber se posso marcar uma consulta consiguo, neste momento eu não estou no Brasil mais posso ir fazer essa consulta, eu estou parado a 9 meses sem nenhuma atividade física e realmente já não aguento ficar tanto tempo parado, eu de momento estou em Lisboa e os médicos que me consultaram aqui me indicaram que eu faça uma operação aqui posso te mandar por e-mail o resultado da minha última resonancia que fiz. Peço que análise a minha situação porfavor doutor Adriano.

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi - 11 de julho de 2016 12:46

      Bom dia, Thiago.

      Agradeço muito o contato pelo site.

      Para sua idade, é inadmissível ficar 9 meses parado dos esportes.

      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar. O
      endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021/2507 9024

      Att

      Dr Adriano Leonardi

      Responder

Comente