Dr. Adriano Leonardi

Artigos

Sulfato de glicosamina é realmente benéfico para o joelho?

O tratamento das lesões cartilaginosas e da artrose do joelho tem sido um grande desafio para a medicina esportiva. Nos últimos anos, com a melhor compreensão da biologia e da cicatrização do tecido cartiloginoso, um grande arsenal terapêutico, envolvendo desde a fisioterapia e fortalecimento muscular, infiltrações e procedimentos cirúrgicos tem sido desenvolvidos. Nem todos com taxas de sucesso insatisfatórias, principalmente entre atletas.

O conceito da suplementação alimentar com medicamentos que auxiliariam na regeneração cartilaginosa é recente e tem grande fomento da industria farmacêutica. Indiscutivelmente, pelo fato destes produtos terem pouquíssimas contra-indicaçoes e efeitos colaterais sao altamente atrativos para este ramo da economia. Apesar de estudos científicos pouco conclusivos e conflitantes, estes produtos( diascereina, glicosamina, condroitina e colágeno hidrolisado) sao lançados  no mercado, sob propaganda de que seriam revolucionários no tratamento da condromalacia e artrose a preços ridiculamente elevados.

O sulfato de Glucosamina e condroitina, utilizadas separadamente ou em conjunto, estão entre os suplementos mais populares. Eles sao amino-açúcares produzidos naturalmente no corpo e a sua produção diminui com o envelhecimento (quando as pessoas mais precisa). Sua suplementação desempenharia um papel importante na formação, manutenção e reparação de cartilagem e outros tecidos do corpo. Mas eles realmente funcionam?

A revista American Family Physician, publicou recentemente um artigo sobre o uso de suplementos alimentares na osteoartrite. Eles deram uma nota “B” quanto `a evidência científica para ambos de glucosamina e condroitina. Isto significa que, baseado em estudos de seguimento a longo prazo, haveria  redução modesta de sintomas da osteoartrite e, possivelmente, retardando a progressão da doença.

Um estudo intrigante de 2004, no qual metade dos voluntarios tomou glicosamina e a outra metade, placebo reportou melhoria de sintomas, mas nao houve diferença no resultado entre os grupos.

Em outro estudo surpreendente publicado na revista New England Journal of Medicine nos qual foram administrados glucosamina, condroitina, glucosamina e condroitina em conjunto, um anti-inflamatorio e um placebo teve como supreendente resultado maior taxa de melhoria de sintomas no grupo onde o placebo foi administrado.

 

Em outro estudo publicado em 2010 na revista Annals of Rheumatic Diseases mostra melhoria de sintomas em pessoas que suplementaram suas dietas com Glicosamina, porem com resultados inferiores aqueles que usaram antiinflamatorios e placebo.

Portanto, apesar do apelo comercial, a evidência existente na atualidade é compatível com a hipótese de que a glucosamina e a condroitina, quando administradas a longo prazo possuem o mesmo efeito do placebo.  Seu uso, portanto deve ser mais racionalizado , com cuidado especial a diabéticos e pessoas com problemas gastro-intestinais, como a gastrite e síndrome do instestino irritável.

Para os que acreditarem e optarem por seu uso devem ter em mente que seu uso nunca deve ser isolado, mas sim sempre associado `a reabilitação e sob orientação médica.

Estudos futuros devem focar na capacidade destes medicamentos modificarem o curso das doenças cartilaginosas e do efeito a longo prazo na prevenção destas lesões em quem pratica esportes com regularidade.

 

Referências bibliográficas:

1. Dietary Supplements for Osteoarthritis

 PHILIP J. GREGORY, PharmD; MORGAN SPERRY, PharmD; and AMY FRIEDMAN WILSON, PharmD Creighton University School of Pharmacy and Health Professions, Omaha, Nebraska Am Fam Physician. 2008 Jan 15;77(2):177-184.

2. Natural and Nutritional Products Industry (NPI) Center. NMI Reports 2005 Health & Wellness Industry Sales at $79 billion. The Natural Marketing Institute. February 28, 2006. http://www.npicenter.com. Accessed August 23, 2007.

3. Alternative pathways to managing arthritis, joint disease. Natural Products Insider. http://www.natural-productsinsider.com/articles/470/6ah161037166735.html. Accessed August 23, 2007.

4. Herman CJ, Allen P, Hunt WC, Prasad A, Brady TJ. Use of complementary therapies among primary care clinic patients with arthritis. Prev Chronic Dis. 2004;1(4):A12.

5. Natural Medicines Comprehensive Database. 8th ed. Stockton, Calif.: Therapeutic Research Faculty, 2006. http://www.naturaldatabase.com. Accessed August 23, 2007.

 

dr-adriano-leonardi-especialista-do-joelhoDR. ADRIANO LEONARDI

Médico ortopedista especialista em traumatologia do esporte e cirurgia do joelho. Médico e fisiologista do esporte. Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Ambientes Remotos e Esportes de Aventura. + Conheça o Profissional

Comente

6 comentários

  1. GERALDO MARQUEZINI CRUZ

    Oportunas e muito bem conduzidas a abordagem dessas questões, com linguagem de fácil compreensão. Me intriga a eficácia da Glucosamina, apresentada por produtos importados, vendidos como salvadores da pátria. Outro aspecto fundamental é a fase final de recuperação de panturrilha, com possibilidade de retorno da lesão, envolvendo a preparação para recondicionamento físico…além da ausência de dor, o aspecto psicológico também é importante (confiança) para dar tiro de velocidade, etc…

    Parabéns Doctor!

    Responder
  2. Zilda Maria Fernandes Pati

    Olá,
    Usei por três meses este medicamento, Condroitina e Glucosamina,juntos no mesmo medicamento e não surtiu efeito nenhum; nem as dores diminuíram, nem a mobilidade dos meus joelhos aumentaram. Para mim, é pura enganação, não sei como os médicos ainda, os recomendam e os receitam. E olhem que a bula promete acabar com as dores em três semanas e reconstruir a cartilagem em três meses. Cadê a ANVISA?

    Responder
  3. Romulo

    o médico ortopedista me receitou Artrolive, (glicosamina+condroitina), aprox. R$100,00 a caixa com 30 envelopes.
    Usei por 3 meses, nenhuma melhora. Nada. Anvisa deveria proibir, Conselhos de medicina deveriam se posicionar.

    Responder
  4. Vera Lucia de Paula

    Tomo esse medicamento a seis meses e ainda sinto muitas dores no joelho e inchaço na perna sendo um medicamento muito caro,No rx acusou inflamação na patela,Sem sucesso com o medicamento.

    Responder
  5. Elizete cabral

    Eu tenho dores nas articulações, esse medicamento e bom? Ele fsz engordar? Tenho artrose ele e bom?

    Responder
    • Dr. Adriano Leonardi

      Leia o texto, por favor.

      Responder