Condropatias

Medicina Esportiva

A Medicina Esportiva é uma especialidade relativamente nova. Apesar de ser constantemente confundida com a Ortopedia do Esporte principalmente nos Estados Unidos da América, trata-se de uma área de medicina que estuda os efeitos fisiológicos do esporte no corpo humano.

 

A Medicina Esportiva trabalha primariamente o que chamamos de avaliação pré-participativa, na qual fatores de uma vida previamente sedentária, principalmente os cardiovasculares são avaliados e tratados para que não haja risco ao esportista e atleta como na doença coronariana, por exemplo.

 

Durante a avaliação inicial, são também triados os fatores ligados ao metabolismo como os níveis hormonais que, se alterados, podem comprometer a performance do atleta.

 

Para pessoas que desejam praticar esportes de maneira moderada para ganho de qualidade de vida, após a avaliação inicial, o médico do esporte então prescreve os exercícios que terão impacto positivo em doenças como diabetes, pressão alta, alterações do nível de colesterol e  depressão.

 

Para aqueles que já praticam esporte e maneira regular e intensa e desejam manter ou melhorar a performance,  trabalhamos com determinados parâmetros como o teste cárdia-pulmonar ou ergo-espirometrico e de determinadas enzimas coletadas em exames laboratoriais como, por exemplo o DHL e CPK, principais indicadores do overtrainning.

Medicina Esportiva
Medicina Esportiva

Quanto ao aparelho locomotor, o rendimento máximo o do esportista é acompanhado junto com o protocolo de prevenção de lesões, pois quanto maior o volume e intensidade do treino, maior o índice de lesões. Para que os protocolos de prevenção de lesão nos esportes tenham sucesso, a medicina esportiva trabalha sempre de maneira multi-disciplinar com outras especialidades como a nutrição, fisioterapia e a educação física.

 

O crescimento da tecnologia e a divulgação de informações de maneira mais rápida e universal na internet tem feito com que nós médicos do esporte trabalhemos com certos nichos como atenção a idosos, crianças, adolescentes, gestantes e especificamente em determinados esportes como o futebol, basquete, vôlei e handebol. Para isso, nos intitulamos team physician.

 

Alguns médicos do esporte dedicam-se apenas aos atletas que buscam o rendimento máximo no treino de força musculação e o body building, outros em esportes de endurance como o ciclismo, a corrida de rua, natação, a corrida de montanha, a corrida de aventura, o trekking.

 

No Brasil, para que o médico torne-se especialista em medicina esportiva, deve cumprir todos os padrões pré-estabelecidos pela sociedade brasileira de medicina do esporte e realizar uma prova anual. O registro da especialidade é então registrado na Associação Médica Brasileira.

 

Infelizmente, muitos médicos não tem o título e se divulgam como médicos do esporte. Cada vez mais, os órgãos competentes tem combatido este charlatanismo.

 

Dr. Adriano Leonardi é especialista em Medicina Esportiva, possui registro junto a Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte – SBME.

Dr. Adriano Leonardi é Médico Especialista em Medicina Esportiva. Agende já uma consulta.

Confira os principais artigos, tratamentos e dicas sobre Condropatias

Clique em qualquer artigo para ler