Tratamento Cirúrgico da Tendinite Patelar

Tratamento Cirúrgico da Tendinite Patelar

Apesar de haver controvérsia entre cirurgiões de joelho sobre a indicação de cirurgia para a tendinite patelar, a técnica descrita como “cirurgia de Blazina” tem indicação para os casos de tendinite do polo inferior da patela (jumper’s knee ou joelho do saltador), onde existe ruptura e degeneração do tendão, associada ao “bico proeminente” do polo inferior da patela. As indicações para este procedimento incluem:

 

  • Atletas ou pacientes muito ativos com sinais de pré-ruptura do tendão patelar;
  • Pacientes menos ativos que não melhoraram com o tratamento não cirúrgico.

 

Como é Feita a Cirurgia

 

Tratamento Cirúrgico da Tendinite Patelar

A foto mostra a cirurgia clássica aberta da tendinite patelar após a retirada da porção doente do tendão patelar.

 

Tratamento Cirúrgico da Tendinite PatelarA técnica visa alterar anatomicamente a relação do polo inferior da patela com o tendão patelar. A esta raspagem do tendão e retirada do bico chamamos de desbridamento cirúrgico do tendão patelar. Pode ser realizada tanto por artroscopia (vídeo) ou aberta. Particularmente, costumo indicar para casos onde a ruptura e degeneração do tendão são menos intensas. A grande vantagem é a rapidez em que é feita, pouco tempo de muletas e rápido retorno ao esporte.

 

A técnica aberta envolve corte e abordagem anterior ao tendão, remoção da área degenerada e do bico proeminente da patela. Quando se opta por esta técnica, uma especial atenção deve ser dada à membrana que envolve o tendão (chamada peri-tendão), pois o correto fechamento está ligado ao sucesso da cirurgia. Exige um período de imobilização do joelho e maior tempo para retorno ao esporte, mas tem como grande vantagem a modificação anatômica plena do polo inferior e, se executada corretamente por um cirurgião experiente, tem baixíssimos índices de recidiva.

 

Período Pós-Operatório

Na cirurgia realizada por artroscopia, em geral, utiliza-se o par de muletas de 3 a 7 dias e, após 6 a 8 semanas de reabilitação, é possível o retorno ao esporte.

 

Na cirurgia aberta, o joelho fica imobilizado por 15 dias e, após 60 a 90 dias, fazemos a transição ao esporte.

 

Complicações da Tendinite Patelar

 

Tratamento Cirúrgico da Tendinite Patelar

No desenho, o que seria uma ruptura aguda do tendão patelar.

 

A complicação mais comum é a dor persistente durante o esporte. A mais temida é a ruptura espontânea do tendão, que em geral ocorre após uma contração abrupta do músculo quadríceps, levando a incapacitação imediata à deambulação, com necessidade imediata de reparo cirúrgico.

 

Continue Lendo

 

+ O que é Tendinite Patelar

+ Diagnóstico da Tendinite Patelar

+ Tratamento Não Cirúrgico da Tendinite Patelar

+ Prevenção da Tendinite Patelar