Tratamento Não Cirúrgico da Tendinite do Corredor – Síndrome da Banda Iliotibial

Tratamento Não Cirúrgico da Tendinite do Corredor – Síndrome da Banda Iliotibial

Como a origem da síndrome do trato iliotibial vem do uso excessivo desta estrutura com consequente inflamação, o tratamento inicial inclui repouso, gelo, e anti-inflamatórios, como ibuprofeno, nimesulida e naproxeno. Atenção! Qualquer medicamento vendido sem receita pode ter efeitos colaterais em potencial, bem como interações com medicamentos prescritos. Se houver dúvidas ou preocupações, é aconselhável perguntar ao seu médico sobre seu uso seguro.

 

Tratamento Não Cirúrgico da Tendinite do Corredor - Síndrome da Banda IliotibialA reabilitação envolve técnicas como:

 

  • Soltura miofascial da banda iliotibial;
  • Fortalecimento da musculatura do quadril, especial o músculo glúteo médio;
  • Aplicação de recursos regenerativos sobre a região inflamada como o laser e ultrassom;
  • Correção de distúrbios biomecânicos como o valgo dinâmico, comum entre mulheres;
  • Terapia por ondas de choque.

 

À medida que os sintomas do paciente melhoram, a fisioterapia deve progredir no restabelecimento da força muscular, até que cheguemos ao programa de transição ao esporte.

 

Em casos mais cronificados, pode-se fazer uso dos corticosteróides (dexametasona, metilprednisolona, ​​hidrocortisona) injetados no local da inflamação pela técnica de micro-perfurações.

Manutenção do status cardiorrespiratório

Durante o tratamento, atividades que possam irritar a banda iliotibial como a corrida e ciclismo devem ser diminuídos ou evitados para evitar mais estresse repetitivo. O ideal é sempre alternar o treino aeróbico por atividades como a natação, deep running e remo.

O deep running é ideal durante o tratamento da Tendinite do Corredor

Programa de transição ao esporte na tendinite do corredor

O retorno ao esporte inclui exercícios para melhorar a força e a resistência do quadril e do joelho, bem como das costas e dos músculos abdominais. O fortalecimento dos abdutores do quadril e dos flexores e extensores do joelho é um componente importante da reabilitação. Uma vez que o paciente é capaz de completar todos os exercícios de fortalecimento sem desconforto, são realizados os chamados testes funcionais, teste isocinético e a planilha de retorno ao esporte são criados.

 

Continue lendo

 

+ O que é a Tendinite do Corredor – Síndrome da Banda Iliotibial
+ Diagnóstico da Tendinite do Corredor – Síndrome da Banda Iliotibial
+ Tratamento Cirúrgico da Tendinite do Corredor – Síndrome da Banda Iliotibial
+ Prevenção da Tendinite do Corredor – Síndrome da Banda Iliotibial