fbpx
 

O que é Condropatia

O que é a Condropatia

Apesar de comumente ser confundida com a condromalácia patelar, o termo condropatia se refere à doença que acomete a cartilagem do osso anterior do joelho, o termo condropatia se refere a uma doença da cartilagem como um todo, que pode acometer desde uma pequena articulação como a dos dedos da mão até grandes articulações como o quadril. Em outras palavras: qualquer articulação do corpo pode adoecer e desenvolver condropatia.

O que é a Cartilagem Articular

Trata-se de um material borrachoso que recobre os ossos e permite que um deslize sobre o outro com pouco atrito. Funciona, portanto como uma espécie de amortecedor.

 

Composta por 4 camadas (2 zonas superficiais e 2 profundas), trata-se de um tecido avascular (que não recebe sangue) constituído basicamente de células que chamamos de condrócitos (5% do tecido cartilaginoso) e uma matriz composta predominantemente por colágeno do tipo II. A função desta matriz é reter água, conferindo à cartilagem a habilidade de sofrer deformação reversível quando comprimida, funcionando como uma mola biológica.

 

O que é Condropatia

A imagem mostra a cartilagem articular sadia e suas 4 camadas, chegando até o osso subjacente, que chamamos de subcondral

Quais as Causas da Condropatia?

Hoje, a condropatia é considerada a principal causa de dor crônica, acometendo de 70 a 80% da população mundial, segundo última estimativa e, por este motivo continua sendo objeto de estudos pelo mundo todo. Quando a condropatia se inicia, a cartilagem amolece e vai perdendo sua capacidade de absorver as forças as quais é submetida, levando a sobrecarga do osso logo abaixo, também chamado de subcondral, causando dor. As principais causas da condropatia são:

 

História familiar

Se existe um traço genético dentro da família, a chance de várias pessoas desenvolverem a doença é relativamente grande.

 

Sexo

O que é CondropatiaA condropatia tem prevalência entre mulheres.

 

Idade

Apear de fazer parte do nosso envelhecimento, algumas pessoas têm o envelhecimento articular muito acelerado.

 

Obesidade

O excesso de peso tende a sobrecarregar as articulações, em especial do joelho, coluna lombar e quadris

 

Instabilidade articular

Uma pessoa que sofreu uma ruptura de um dos ligamentos do joelho pode desenvolver instabilidade crônica (falseio), que leva a um contato anormal da cartilagem do joelho, iniciando uma condropatia.

 

Traumas

O que é CondropatiaFarturas graves que deixam sequelas são as mais comuns.

 

Reumatismo

A inflamação crônica de doenças como a gota e a artrite reumatoide pode levar à condropatia.

 

Alterações anatômicas

Pessoas que tem a chamada patela alta, ou seja, quando a patela encontra-se em uma altura acima do normal em seu trilho (tróclea) ou o que chamamos de tróclea rasa (calha rasa) onde a patela também leva ao aumento da pressão na cartilagem e, finalmente, a báscula da patela (lateralização excessiva da patela), gerando lesões extremamente frequentes como a condropatia patelar.

 

Esporte praticado

Esportes de impacto como a corrida, dança e o treino funcional estão intimamente ligados ao desenvolvimento de condropatia, principalmente da patelar e ocorre quando são praticados acima do limite fisiológico da pessoa, ou seja, em excesso, sem a preparação física prévia e sem orientação de um treinador.

 

O que é Condropatia

A corrida de rua é o esporte com maior incidência da condropatia patelar

O que Acontece quando se Desenvolve Condropatia?

O que é Condropatia

No lado esquerdo da imagem, uma articulação sadia e, no lado direito, os sinais de uma condropatia.

 

Ao se iniciar o processo de degeneração (morte) do tecido cartilaginoso, algumas alterações vão acontecendo com as estruturas descritas no tópico acima. Por ser considerada hoje uma doença inflamatória, na condropatia estas estruturas vão degenerando aos poucos:

 

O que é CondropatiaA sinóvia pode inchar e produzir fluido extra, o que faz com que a articulação inche. Isso é chamado de inchaço do joelho ou popularmente como água no joelho.

 

A cápsula e os ligamentos engrossam lentamente e se contraem como se estivessem tentando estabilizar a articulação. Essas mudanças e em torno da articulação são em parte o resultado do processo inflamatório e em parte a tentativa do seu corpo para reparar o dano. Em muitos casos, os reparos são bem sucedidos e as mudanças dentro da articulação não causam muita dor ou, se houver dor, é leve e pode ir e vir. No entanto, em outros casos, o reparo também não funciona e a articulação fica danificada. Isso leva à instabilidade e à colocação de mais peso em outras partes da articulação, o que pode fazer com que os sintomas se tornem gradualmente piores e mais persistentes com o passar do tempo.

Quais são os Sintomas da Condropatia

A condropatia, na maioria das vezes, é uma doença de evolução lenta e progressiva. Quando tem sua origem ligada a reumatismo como a artrite reumatoide e quando ligada há sequelas de traumas, pode progredir de forma muito rápida e incapacitante.

 

O que é CondropatiaEm grande parte das vezes, a condropatia começa com um desconforto articular, agravado pela atividade (correr, pular, subir ou descer degraus) ou por estar sentado prolongadamente.

 

O tipo de sintomas vais depender da localização: condropatia patelar, com dificuldade diária de subir e descer escadas; condropatia do quadril (coxo-femoral),com dor na virilha,

 

Condropatia do tornozelo (tíbio-tarsica), com dor e rigidez no tornozelo; Condropatia do ombro (glenoumeral), incapacidade de movimentos como pentear o cabelo.

 

Havendo progressão, a condropatia leva ao inchaço, principalmente no joelho com perda de força muscular do quadríceps (anterior da coxa). Quando isso ocorre, são comuns queixas de que o joelho está falseando, ou saindo do lugar, muitos estalos e a o que chamamos de creptação, popularmente conhecido como rangir.

 

Em estágios mais avançados a condropatia, aqui chamada de artrose leva à incapacitação para tarefas diárias como caminhar e subir escadas, tornando o tratamento definitivo urgente, como a inserção da prótese do joelho, por exemplo.

 

Continue Lendo

 

+ Diagnóstico da Condropatia

+ Tratamento Não Cirúrgico da Condropatia

+ Tratamento Cirúrgico da Condropatia

+ Prevenção da Condropatia

15 Comentários
  • Yukio Sakurai
    Postado as 17:03h, 01 setembro Responder

    Já fui diagnosticado por ortopedista por meio de radiografia como Artrose no Joelho, tenho dificuldade de subir e descer escadas, estou com 71 anos e faço uso de bengala qdo saio pra passear.

  • Claudineia
    Postado as 14:57h, 22 outubro Responder

    A hozonoterapia é indicada nós casso de condromalacia patelar 4?

  • Maria Rosalia
    Postado as 10:07h, 17 janeiro Responder

    Gostaria de saber se pessoas obesas pode fazer essa cirurgia

  • Ana Paula Leonardi
    Postado as 14:34h, 12 março Responder

    Boa tarde.
    Se eu fizer fisioterapia já soluciona o problema ou terei que dar continuidade nos exercícios?

    Obrigada!

  • Ana Paula Pereira
    Postado as 20:20h, 21 abril Responder

    Boa noite. Gostaria de saber se uma condropatia, pode ser causado por um embate no joelho, tipo num acidente de viação ter embatido? Obrigada.

  • Talita
    Postado as 09:36h, 15 maio Responder

    Doutor, condropatia patelar grau II, pode ser feita cirurgia com membrana de colágeno?

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 15:59h, 17 maio Responder

      Oi, Talita
      Muito prazer.
      EM alguns casos sim.
      Depende da correlação clinico-radiografica

  • Lilia Nigro Maia
    Postado as 07:02h, 17 maio Responder

    Dr Adriano:
    Acho que vc vai se lembrar de mim, professora de cardiologia da FAMERP.
    Parabéns pelo sucesso profissional
    Minha dúvida: estou com condropatia patelar moderada , sintomas há 6 meses
    Faço caminhada e ando muito rápido e faço musculação orientada por Personal
    Quando começou os sintomas, usei anti-inflamatório e interrompi a caminhada por 1 mês mas não melhorou
    Voltei a fazer caminhada andando mais devagar e estou fazendo fortalecimento os músculos relacionados ao quadro
    Peso normal e 62 anos
    Sintomas leves
    Posso continuar as caminhadas ou devo parar ? Tenho doença coronária d preciso de atividade fisica

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 20:24h, 17 maio Responder

      oi, professora!
      Agradeço pela confiança.
      O ideal seria te avaliar e revisar seu treino.
      Se o treino resistido estiver compativel com o grau da condropatia, talvez trocar a estrategia do ganho aeróbico por, por exemplo uma bicicleta estacionaria com menor risco de lesao.
      forte abraço na sra e no prof Maia!

      Adriano

  • melry santos
    Postado as 13:03h, 16 junho Responder

    Boa tarde!
    meu é Melry
    Doutor Adriano
    há 2 meses venho sentindo uma dor na região do joelho
    localizada na lateral interna da curvatura do joelho
    não é na patela e não é na parte de traz do joelho
    fico confusa pois li o artigo anterior e nenhum dos causas citadas relata o meu caso
    sinto dificuldade para andar após ficar certo tempo sentada, é como se algo encolhesse e ao esticar sinto dor
    aguardo seu retorno e uma orientação de como eu devo proceder
    obrigada

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 14:28h, 16 junho Responder

      Oi, Melry

      Obrigado por sua participação.
      Entendo a ansiedade que a lesão possa estar te causando, mas para te responder isso, precisaria te avaliar.
      Examinar o paciente e ver os exames de imagem são fundamentais no diagnóstico e conduta.

Poste um Comentário