Tratamento Cirúrgico da Condropatia

Conheça o Tratamento Cirúrgico da Condropatia

O tratamento cirúrgico da condropatia terá indicação, dependendo de sua causa,  grau, localização e nível de atividade do paciente. As opções cirúrgicas incluem:

Técnicas Minimamente Invasivas

Artroscopia

Consiste em inserir a câmera dentro do joelho através de 2 ou 3 furinhos, que chamamos de portais. Nesta cirurgia, realizamos uma limpeza articular (toalete), com remoção do tecido inflamatório e de osteófitos (bicos de papagaio).

 

Tem indicação principalmente nos casos intermediários, principalmente em pacientes mais jovens e ativos e possui taxa de sucesso entre 50 a 60% dos casos, mesmo que provisória.

 

Para os portadores da condropatia patelar, as indicações de tratamento cirúrgico incluem persistência da dor, apesar do tratamento ter sido bem realizado, desalinhamentos da patela como a báscula excessiva. Na tomografia computadorizada, isso é comumente descrito como alteração (aumento) do índice GT-TA, sinais de má evolução da condropatia como inchaço, falseios, aumento dos rangidos e agravo da atrofia muscular, lesão da cartilagem da tróclea (trilho onde a patela corre), descrita como condropatia troclear ou “lesão em espelho”.

 

Tratamento Cirúrgico da Condropatia

Imagem de uma artroscopia do joelho, onde a lâmina de shaver inicia a retirada de cartilagem degenerada.

 

+ Artroscopia do Joelho

 

Subcondroplastia

Técnica relativamente nova recém-chegada ao Brasil, na qual se infunde cimento ósseo na área mais fragilizada do osso sobrecarregado pela condropatia de grau IV e graus V (artrose). Tem indicação principalmente quando a condropatia ocorre em um ponto só da articulação, como no joelho (mono-compartimentais), quadril, do tornozelo e do ombro, principalmente naquelas pessoas acima dos 40 anos.

 

Tratamento Cirúrgico da Condropatia

Procedimento denominado subcondroplastia consiste na inserção de enxerto ósseo na área onde existe edema ósseo.

 

+ Subcondroplastia para Tratamento de Lesões Cartilaginosas

+ Cirurgia da Condropatia Patelar

Técnicas Tradicionais / Cirurgias Abertas

Osteotomia

Tratamento Cirúrgico da CondropatiaA osteotomia do joelho tem indicação para pacientes abaixo dos 60 anos de idade que possuem condropatia ou artrose em um ponto só do joelho (mono-compartimentais). Visa o que chamamos de mudança de eixo, ou seja, fazer com que o peso deixe de passar na área doente do joelho e seja jogado para a área sadia. Nesta cirurgia, realiza-se corte tanto no fêmur, quanto na tíbia, insere-se uma placa.

 

+ Cirurgia Osteotomia da Tíbia

 

Prótese Total ou Artroplastia

De uma maneira didática, significa trocar a articulação doente ou componente de da liga metálica titânio-cobalto-cromo, articuladas entre si por uma espécie de amortecedor composto por um material denominado polipropileno. Ambos de alta durabilidade.

 

Tratamento Cirúrgico da CondropatiaEm geral, a cirurgia de prótese é o estágio final do tratamento da condropatia avançada e, preferencialmente, deve ser feita em indivíduos mais velhos. A idade não deve nunca ser o único fator a ser levando em conta, mas sim o nível de dor e destruição articular.

 

Quando bem indicada, bem executada e bem reabilitada, traz grande melhoria da qualidade de vida do paciente, voltando a tornar-se ativo(a), reduzindo os riscos das doenças ligadas ao sedentarismo como o infarto agudo do miocárdio, hipertensão, diabetes, câncer e depressão.

 

Recentemente diversos protocolos de retorno ao esporte das diversas próteses foram criados e tem incentivado cada vez mais a pessoas se submeterem ao procedimento.

 

Tratamento Cirúrgico da Condropatia

Prótese do quadril e seus componentes

 

Tratamento Cirúrgico da Condropatia

Prótese do joelho e seus componentes

 

+ Cirurgia de Prótese Total de Joelho

+ Prótese Total do Joelho – Como é Feita a Cirurgia?

+ Prótese do Joelho – Quem deve ser Submetido?

 

Continue Lendo

 

+ O que é Condropatia

+ Diagnóstico da Condropatia

+ Tratamento Não Cirúrgico da Condropatia

+ Prevenção da Condropatia