Tratamento Não Cirúrgico do Ligamento Cruzado Anterior – LCA

Tratamento Não Cirúrgico do Ligamento Cruzado Anterior – LCA

Tratamento Não Cirúrgico do Ligamento Cruzado Anterior - LCAO tratamento para uma ruptura do LCA varia de acordo com as necessidades individuais do paciente. Por exemplo, o atleta jovem envolvido em esportes de agilidade provavelmente precisará de uma cirurgia para retornar com segurança aos esportes. O indivíduo menos ativo, geralmente mais velho, pode retornar a um estilo de vida mais calmo sem cirurgia.

 

O tratamento da ruptura do ligamento cruzado anterior divide-se em duas etapas: a abordagem na fase inicial, onde todo o cuidado inicial é dado para se reduzir a dor e o inchaço do joelho, além de medidas que visam proteger os demais ligamentos e a tardia, onde o tratamento cirúrgico será ou não empregado.

 

Cuidados Iniciais

Após a entorse do joelho, existe muita dor, inchaço e a musculatura para de funcionar. Atividades como descer escadas, entrar no carro, dirigir tornam-se uma tortura e, muitas vezes, são impossíveis.

 

Nesta fase, é muito importante proteger o joelho para que nenhum trauma adicional a outros ligamentos do joelho ocorra. Existem diversos tipos de joelheiras indicadas para a ruptura do ligamento cruzado anterior. Pessoalmente, prefiro sempre as articuladas. Qualquer joelheira estabilizadora terá essa função protetória. O tempo de uso depende dos sintomas. Em geral, de 15 a 21 dias.

Tratamento Não Cirúrgico do Ligamento Cruzado Anterior - LCA

Na imagem, um exemplo do tipo de joelheira que prescrevemos após a ruptura do ligamento cruzado anterior.

Tratamento Não Cirúrgico

É fato que um ligamento cruzado anterior completamente rompido não cicatrizará sem cirurgia.

 

Tratamento Não Cirúrgico do Ligamento Cruzado Anterior - LCAO tratamento não cirúrgico pode ser eficaz para pacientes menos ativos e idosos, principalmente se, no seu dia a dia, não houverem queixas de falseios.

 

Outra situação é a da ruptura parcial do ligamento cruzado anterior em atletas não profissionais, principalmente quando esta ruptura é isolada, ou seja, nenhuma outra estrutura lesada. Nestes casos, pode-se aguardar e, se não houverem queixas de instabilidade, o ligamento cruzado anterior não precisa ser reconstruído.

 

O tratamento não cirúrgico da ruptura do ligamento cruzado anterior envolve um bom programa de fisioterapia, seguido de fortalecimento e reequilíbrio muscular. O retorno ao esporte é denominado de fase de transição e envolve protocolo e acompanhamento multi-disciplinar, envolvendo o médico, fisioterapeuta e o educador físico.

 

+ Lesão Parcial do Ligamento Cruzado Anterior: Operar ou Não

 

Continue Lendo

 

+ O que é o Ligamento Cruzado Anterior

+ Diagnóstico da Ruptura do Ligamento Cruzado Anterior

+ Tratamento Cirúrgico do Ligamento Cruzado Anterior

+ Recuperação da Cirurgia do Ligamento Cruzado Anterior