fbpx
 

5 mitos sobre a condromalácia patelar

5 mitos sobre a condromalácia patelar

5 mitos sobre a condromalácia patelar

Muito comum em jovens atletas, a condromalácia é uma lesão que atinge a cartilagem presente no joelho, causando muita dor, inchaço, creptação, estalos  e limitação de movimento. Devido à sua alta incidência, essa lesão é uma das mais estudadas na medicina do esporte, e de acordo com estudos recentes, ela está diretamente ligada à distúrbios biomecânicos e anatômicos, sendo mais incidente entre as mulheres.

 

Leia também: Condromalácia tem cura?

 

 

diagnostico condromalacia patelar 3

Como é um termo muito difundido na atualidade, muitas informações incorretas acabam sendo divulgadas na mídia, causando desinformação e propagando terapias, medicamentos, dietas e tratamentos pouco eficazes para a condromalácia. Para te ajudar a separar o que é “fake News” do que é fato, trouxemos os cinco principais absurdos que são divulgados sem fundamento científico.

 

  1. Colágeno, glicosamina e condroitina vão regenerar minha cartilagem – Mito 

 

Muito divulgada como forma de regenerar a cartilagem, essa terapia acabou sendo derrubada por estudos que demonstraram que a Glicosamina e condroitina não tem nenhum efeito real no tratamento da condromalácia, tendo um efeito de placebo. Esses estudos foram realizados por pesquisadores sem vínculos com a indústria farmacêutica, com alto nível de confiabilidade (nível 1 de evidência).

Além disso, esse tipo de “tratamento” está relacionado ao aumento de peso dos pacientes, e à predisposição ao desenvolvimento de diabetes.

 

  1. Quem tem condromalácia patelar não pode praticar exercícios – Mito 

É possível encontrar na internet, diversos materiais em vários sites e blogs sem embasamento científico, recomendando a interrupção total da prática esportiva para quem sofre de condromalácia patelar. Na verdade, esse é um dos maiores mitos acerca desse tipo de lesão, pois a prática de exercícios pode trazer inúmeros benefícios para o tratamento.

 

Exercícios com orientação profissional e executados da forma correta, ajudam no fortalecimento da musculatura e estimulam a secreção de interleucina anti-inflamatória intra-articular. Para que a prática seja benéfica, o tratamento deve contar com a comunicação entre os profissionais relacionados, como educador físico, médico e fisioterapeuta. Dessa forma é possível reduzir o avanço da degradação e melhorar a qualidade de vida do paciente.

 

  1. A única solução para condromalácia é a reabilitação e não se opera mais nesses casos – Mito 

É claro que na grande maioria dos casos a reabilitação consegue alcançar excelentes resultados, mas existe a possibilidade de intervenção cirúrgica para os casos mais extremos. A cirurgia costuma ser realizada quando a lesão já está cronificada em pacientes com erosão cartilaginosa focal e em indivíduos mais velhos.

 

  1. Quem tem condromalácia não pode praticar corrida de rua – Mito

 Com a reabilitação, fortalecimento muscular e acompanhamento médico, quem possui condromaEu aprofundácia consegue praticar a corrida de rua sem problemas. Contudo, é necessário respeitar o período de transição necessário para um retorno seguro ao esporte, sempre com acompanhamento médico. Ja falei sobre isso neste artigo sobre Condromalácia Patelar na corrida de rua

 

  1. Infiltração com ácido hialurônico é uma solução paliativa para condromalácia patelar  

 

Embora seja muito difundida na internet, a terapia com infiltração de ácido hialurônico nas fases iniciais da condromalácia é contraindicado. Estudos comprovam que esse tratamento apresenta muitos benefícios em casos de lesões mais avançadas, proporcionando um melhor controle da dor e da inflamação. 

Leia também: Infiltração de joelho com ácido hialurônico pode acelerar o tratamento da condromalácia patelar

 

Para aprofundar mais este tema, veja este vídeo do meu canal no YouTube!

 

Dr. Adriano Leonardi
[email protected]

Dr. Adriano Leonardi possui 20 anos de experiência em Ortopedia. É Médico Ortopedista Especialista em Joelho; Mestre em Ortopedia e Traumatologia; Médico do Esporte; Membro da Diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva; Colunista e Consultor dos Sites 'Eu Atleta' e 'Globo Esporte'. Agende sua Consulta: (11) 94754-9183

Não há comentários

Poste um Comentário

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?