fbpx
 

Artrose de quadril: causas, sintomas e tratamento

Artrose de quadril: causas, sintomas e tratamento

Artrose de quadril: causas, sintomas e tratamento

As articulações são constituídas por ossos e, entre eles, existe uma cartilagem que as recobre e protege, promovendo também a mobilidade articular. Mas, com o passar dos anos, as pessoas começam a ver a mobilidade de suas articulações diminuída. Em alguns casos, isso se deve à deterioração natural da cartilagem. Em outras, está relacionada a lesões e patologias, sendo uma das mais conhecidas a artrose de quadril. No artigo de hoje, saiba quais são as suas causas, sintomas e em que consiste o tratamento.

 

Quais são as causas da artrose de quadril?

Não é possível falar de um único fator como causa do desenvolvimento da doença. Na maioria dos casos, a causa geralmente é devida a uma combinação de “fatores intrínsecos” que mostram uma maior propensão para desenvolver artrose de quadril, dentre os quais podemos destacar principalmente:

  • Genética. Já foram identificados genes responsáveis ​​pelo colágeno , principal proteína da cartilagem, nos quais seu defeito dá maior probabilidade de desenvolver artrose;
  • Idade. A baixa capacidade da cartilagem de se reparar diminui com a idade. Na verdade, o número de artrose aumenta claramente a cada década de vida. É uma doença relativamente frequente dos 50-55 anos de idade;
  • Sobrepeso. Sendo uma articulação de carga (como o joelho ou tornozelo), quanto maior o seu peso, maior o peso que seus quadris têm para suportar e mais rápido se desenvolve a artrose;
  • Uso excessivo. Determinadas atividades de trabalho e esportivas estão associadas à artrose devido ao uso repetitivo e ao aumento do estresse a que a articulação é submetida.

A osteoartrite do quadril pode ser primária, ou seja, se desenvolve em um quadril saudável. Ou, ainda, secundária, em que o desenvolvimento da doença é devido à existência de uma patologia existente. Como é o caso, por exemplo, de doenças da infância, necrose da cabeça femoral, artrite reumatóide, lúpus, entre outras.

Além desses, existem outros fatores que causam a artrose de quadril, como ter sofrido um trauma ou uma lesão anterior na articulação. Pacientes que sofreram fratura têm o desenvolvimento de artrose como a principal complicação em médio e longo prazo.

 

Quais são os sintomas e como funciona o tratamento?

O principal sintoma é a dor, embora também apareçam rigidez e comprometimento da mobilidade. Na artrose de quadril, a dor está localizada na região da virilha. Às vezes, ela desce pela frente da coxa e também pode machucar o joelho, o que pode fazer o paciente pensar que o problema está no joelho. 

O desenvolvimento da doença é um processo lento e progressivo que não pode ser revertido. Assim, o tratamento para artrose do quadril não é curativo, mas paliativo, visando retardar a sua progressão. Isso é feito controlando os fatores de risco que aceleram a progressão, individualizando cada caso e descobrindo qual é o fator de risco de cada paciente.

Inicialmente, costuma ser recomendado o tratamento conversador para artrose, que pode incluir fisioterapia, perda de peso, atividade física de baixo impacto, analgésicos antiinflamatórios e infiltração.

Porém, em alguns casos, o dano cartilaginoso é muito grave e não permite a vida normal do paciente. Assim, determinando uma diminuição significativa dos movimentos devido à dor e à rigidez, comprometendo as atividades da vida diária e podendo até causar prostração, o que constituiria sua evolução natural.

Para esses pacientes, a cirurgia é necessária. A artroplastia do quadril é um dos grandes avanços da cirurgia ortopédica. O desaparecimento da dor é imediato e a recuperação é muito rápida, o que significa que os pacientes podem caminhar e levar uma vida praticamente normal em poucos dias. 

 

Agende uma consulta com o Dr. Adriano Leonardi!

A artrose do quadril pode ser considerada uma das osteoartrites mais incapacitantes. Por isso, agende uma consulta com o Dr. Adriano Leonardi, médico ortopedista! Além disso, aproveite para acompanhar o vídeo abaixo e saber mais sobre essa doença:

Dr. Adriano Leonardi
[email protected]

Dr. Adriano Leonardi possui 20 anos de experiência em Ortopedia. É Médico Ortopedista Especialista em Joelho; Mestre em Ortopedia e Traumatologia; Médico do Esporte; Membro da Diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva; Colunista e Consultor dos Sites 'Eu Atleta' e 'Globo Esporte'. Agende sua Consulta: (11) 94754-9183

Não há comentários

Poste um Comentário

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?