fbpx
 

Tendinite da pata de ganso: sintomas, diagnóstico e tratamento

Tendinite da pata de ganso 1

Tendinite da pata de ganso: sintomas, diagnóstico e tratamento

 

Os tendões que saem da região atrás do quadril, descem para a parte de trás da perna e se inserem na região interna do joelho, são chamados de pata de ganso, por parecerem com pata de um ganso mesmo! Esses tendões ajudam na flexão e rotação interna do joelho e existem vários motivos que levam a inflamação dos mesmos. Chamamos esse quadro de tendinite da pata de ganso

Tendinite da pata de ganso

 

E o que causa Tendinite na pata de ganso?

A principal causa, não só nesses tendões, mas em qualquer tendinite, é a falha na qualidade do movimento muscular. Quando o músculo da parte de trás da coxa deixa de fazer uma contração que resiste ao movimento (contração excêntrica), o tendão começa a inflamar e junto à sobrecarga, começa a degenerar. Essa degeneração é um tipo de morte celular que causa sintomas.

 

Leia também: O que é a tendinite de joelho de saltador (aparelho extensor do joelho)?

 

Entre os tendões que formam a chamada pata de ganso, existem algumas bolsas que chamamos de bursas e também sofrem reação inflamatória. Sendo assim, ao se deparar com um caso de tendinite pata de ganso, também haverá na maioria das vezes uma bursite associada. 

 

Leia também: Tendinite patelar do joelho

 

Traumas na região, pessoas acima do peso, joelho valgo (com a aparência de X, joelhos um pouco mais fechados), nesses casos, os tendões são mais usados para ajudar a manter a postura adequada e não fazer com que os joelhos percam ainda mais o alinhamento.

Em casos de Artrose, desgaste no joelho, junto à uma reação inflamatória que chamamos de Sinovite Artrítica ou em casos de lesão do menisco medial/ interno, essa reação inflamatória passa adentrando os planos, por continuidade, e chega até a pata de ganso gerando sintomas no paciente. 

 

Quais são os sintomas da tendinite pata de ganso? 

Dor na parte interna do joelho, 4cm ou 5cm abaixo da linha articular, dor que piora ao movimentar ou rodar o joelho para dentro. No exame físico, ao avaliar por meio de uma manobra de palpação na região existe um aumento volume no local, inflamação, crepitação, fraqueza muscular, dificuldade em manter a postura em um pé só. Nos atletas, ao fazer uma mudança brusca de direção, no futebol, por exemplo, ao chutar uma bola ou fazendo um movimento de agachamento, também é possível observar a tendinite pata de ganso que também é muito comum em pessoas ativas.       

tendinite da pata de ganso

Como o médico faz o diagnóstico?

O diagnóstico da tendinite pata de ganso é clínico, muito comum, por exemplo, em mulheres em torno dos 50 anos de idade. É necessário descartar outras hipóteses, como a síndrome da plica sinovial medial, a condromalácia patelar, fratura por estresse, lesão do menisco medial e artrose do compartimento medial. O exame físico do médico é muito importante para avaliar por meio da palpação e manobras adequadas para assim, confrontar com o que é visto nos exames de imagem, o ultrassom ou ressonância magnética, caso necessário solicitar. 

Existe tratamento para a tendinite da pata de Ganso? 

O tratamento é relativamente rápido e fácil se bem diagnosticado. Pelo ultrassom é possível visualizar a pata de ganso e fazer infiltração seletiva tanto da bursa quanto do tendão. Na bursa é possível infiltrar tanto anti-inflamatórios quanto analgésicos. No tendão existe um procedimento chamado “Drilling” que estimula a reação anti-inflamatória do tendão e espera uma reação regenerativa sobre a estrutura. 

Como a Tendinite Pata de Ganso é causada por distúrbios mecânicos causados por fraqueza muscular, é muito importante o tratamento também com fisioterapia. Uma boa fisioterapia vai trabalhar o ganho de força dos flexores, ou seja, da musculatura posterior do joelho. A rotação interna e adução, jogar a perna para dentro, a resistência muscular e após, um protocolo de transição para melhorar a qualidade do movimento para que o paciente prepare melhor para o esporte que ele gosta de fazer e principalmente que não volte a ter a doença. 

 

Deve ser avaliado a extensão do caso por um médico e um fisioterapeuta. Para tratamento, existem algumas injeções de infiltração com anti-inflamatórios, analgésicos, tratamento com “drilling” para regeneração do joelho além de um trabalho conjunto com exercícios de fortalecimento para correta resolução do caso. 

A tendinite na pata de ganso tem cura?

Também chamada de tendinopatia anserina, acomete os tendões de alguns músculos da parte de trás da coxa que se inserem no joelho. A tendinite pata de ganso tem cura e resolução com tratamento médico com infiltração de analgésicos, anti-inflamatórios e exercícios indicados pelo fisioterapeuta. 

Eu falei de forma mais profunda, sobre a tendinite da pata de ganso, neste vídeo do meu canal do YouTube:

 

Dr. Adriano Leonardi
[email protected]

Dr. Adriano Leonardi possui 20 anos de experiência em Ortopedia. É Médico Ortopedista Especialista em Joelho; Mestre em Ortopedia e Traumatologia; Médico do Esporte; Membro da Diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva; Colunista e Consultor dos Sites 'Eu Atleta' e 'Globo Esporte'. Agende sua Consulta: (11) 94754-9183

2 Comentários
  • Dione Silva
    Postado as 14:25h, 08 agosto Responder

    Boa tarde,

    Grata por toda a explicação, orientações, estou com este problema, já diagnosticado a 04 meses, fiz a medicação, fiquei bem, mas, ontem fui correr, senti uma fisgada, hoje acordei sem dor, fui a academia, treinei perna e fiz circuito, no circuito, no agachamento com salto, senti uma dor horrível, parei, conforme orientações do professor, fiquei só na abdominal, mas fiquei ruim, continuo com dor, não consigo andar direito, vou ao hospital, mas estou triste, amo me exercitar, mas agora estou preocupada, gostaria de te ouvir, pode ser? Pode me ajudar? Tenho 59 anos, em outubro completo 60 anos, nunca fui sedentária.

Poste um Comentário

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?