fbpx
 

Artrose tricompartimental do joelho

Artrose tricompartimental do joelho

A artrose tricompartimental do joelho é uma condição caracterizada por um desgaste mais extenso, nas cartilagens que recobrem o joelho. Esta patologia pode ser causada por vários fatores. Entre eles, se destacam a ação natural do tempo, desequilíbrios musculares, impactos causados por acidentes, ou uso excessivo da região.

O joelho é formado por 3 compartimentos:

  • Femorotibial lateral;
  • Femorotibial medial;
  • Femoropatelar.

A osteoartrite tricompartimental acontece quando estas três estruturas apresentam casos de artrose. Isso significa que nesses casos, a cartilagem das três áreas do joelho está totalmente comprometida, ou mesmo não existe mais. Assim sendo, há um atrito direto entre os ossos, que gera muita dor e inflamações. Se você está passando por esse tipo de problema, veja mais informações sobre o assunto a seguir.

Entendendo a osteoartrite tricompartimental do joelho

artrose tricompartimental do joelhoEm primeiro lugar, é importante entender o que acontece quando alguém sofre de osteoartrite tricompartimental do joelho. Há alguns sintomas específicos dessa condição, sendo que os principais desses incluem:

  • Grande inchaço na região, o que acaba limitando seus movimentos;
  • Deformidade dos joelhos;
  • Desgaste das duas regiões entre a tíbia e o fêmur e da região entre o fêmur e a patela;
  • Edemas em toda a área, que pode afetar os três compartilhamentos do joelho;
  • Dores constantes e agudas que afetam as condições de andar dos pacientes;
  • Perda do arco de movimento. Ou seja, dificuldade em dobrar ou esticar completamente o joelho.

A dor e do desconforto que essas situações causam para o paciente contínuas. Por isso, esse tipo de desgaste requer algumas medidas e cuidados especiais para diagnóstico e tratamento.

O diagnóstico da osteoartrite tricompartimental do joelho

De forma geral, essa situação pode ser identificada com uma série de exames específicos. Mas é importante ter em mente que a osteoartrite tricompartimental do joelho só é devidamente diagnosticada por meio de:

  • Exames laboratoriais pedidos pelo médico para avaliar a condição exata do joelho;
  • Radiografias completas da região, que permitam identificar o nível do problema;
  • Ressonâncias magnéticas.

Tratamentos para artrose tricompartimental do joelho

O tratamento deste tipo de desgaste envolve fatores como:

  • Idade;
  • Sexo;
  • Nível de atividade física;
  • Graus dos sintomas supra-citados.

artrose tricompartimental do joelhoTendo em vista que a região do joelho é composta de três regiões diferentes, mesmo o maior nível de desgaste de cartilagem entre elas, caracterizado como osteoartrite, pode ser resolvida por meio de diferentes opções de tratamento. Assim sendo, algumas das opções mais recomendadas para corrigir esse problema são:

  • Uso de medicamentos específicos para combater a dor e a inflamação;
  • Fisioterapia para restabelecer a força e a movimentação local;
  • Em pacientes mais jovens e ativos mais, procedimentos cirúrgicos de reparação de cartilagem;
  • Por fim, em situações extremas, utilização de prótese total do joelho.

A medicina atual está em constante evolução, o que acaba contribuindo para novas técnicas e métodos de tratamento. No caso da osteoartrite tricompartimental do joelho não é diferente, de forma que várias pesquisas sobre o assunto são realizadas.

Algumas considerações importantes

artrose tricompartimental do joelhoDepois de entender o panorama principal que envolve a osteoartrite tricompartimental do joelho, é importante saber como prevenir essa condição. Em primeiro lugar, existem alguns fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da doença, como por exemplo:

  • Fatores hereditários e genético de desgaste e problemas na região;
  • Sobrepeso excessivo do paciente, que acaba forçando muito os joelhos;
  • Prática regular de esportes de alto impacto, como corridas sem respeito à periodização correta;
  • Lesões prévias na região que acabam agravando o desgaste, como, por exemplo, cirurgias de reconstrução do ligamento cruzado anterior ou retirada de meniscos;
  • Influência de outras doenças como a artrose, gota ou outras doenças metabólicas.
  • Doenças reumáticas.

Ao considerar essas causas, é importante pensar em estratégias para evitar a doença que tragam os resultados esperados. Assim sendo, pessoas que se enquadram em alguma das características acima já podem pensar em medidas preventivas.

É possível prevenir a osteoartrite tricompartimental do joelho?

Sim, desde que sejam tomados todos os cuidados necessários. De uma maneira geral, a ciência tem provado que as pessoas que adotam hábitos benéficos e um estilo de vida saudável tem uma incidência menor de patologias em seus ossos e cartilagens.

Assim sendo, para prevenir a osteoartrite tricompartimental do joelho é preciso adotar algumas estratégias. Entre elas, as medidas mais simples e eficientes para isso incluem:

  • Manter uma dieta equilibrada com consumo de frutas, verduras e legumes;
  • Praticar atividades físicas dentro de seus limites fisiológicos;
  • Treinar sempre sob a supervisão de um profissional da educação física;
  • Quando sentir sintomas da osteoartrite, não optar por medias paliativas ou pseudociência e ir ao médico ortopedista;
  • Fazer checkups e exames de forma regular.

Esses são alguns cuidados que trazem grandes resultados para prevenir o desgaste que causa a artrose tricompartimental do joelho. Dessa forma, é importante que você incorpore cuidados que tragam os resultados esperados na proteção contra esse problema.

Considerações finais

De forma geral, a artrose tricompartimental do joelho acaba acometendo uma boa parcela de pessoas com o passar dos anos. No entanto, na medida em que você entende os fatores que causam esse desgaste e a forma correta de preveni-los e tratá-los, é possível conseguir ótimos resultados. Lembre-se de seguir essas dicas e cuidar de suas cartilagens e articulações.

Se você passar por esse tipo de problema, fale com um médico de confiança. É importante que ele realize os exames certos para encontrar o melhor diagnóstico e tratamento para você. Assim será possível ter as melhores respostas para corrigir essa situação. Além disso, fique atento aos conselhos e recomendações do profissional em prol de sua recuperação.

Quer Saber Mais Sobre Joelho?

 

 

Acesse nosso Canal no Youtube e Inscreva-se:

 

 

Dr. Adriano Leonardi
[email protected]

Dr. Adriano Leonardi possui 20 anos de experiência em Ortopedia. É Médico Ortopedista Especialista em Joelho; Mestre em Ortopedia e Traumatologia; Médico do Esporte; Membro da Diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva; Colunista e Consultor dos Sites 'Eu Atleta' e 'Globo Esporte'. Agende sua Consulta: (11) 94754-9183

Não há comentários

Poste um Comentário

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?