Existem alimentos proibidos para quem tem artrose no joelho

É possível que os alimentos que comemos no nosso dia a dia tenha influência direta na saúde das nossas articulações?

Será que quem trata de artrose e come de maneira errada a evolução da doença poderá ser ruim por esse motivo? 

Será que os alimentos realmente têm esse potencial tão falado ultimamente de ser inflamatório?

Sobre a artrose, existe uma infinidade de artigos e dicas de novos tratamentos da doença e segundo a Organização Mundial da Saúde, a artrose é a doença mais prevalente na população.

Acredita-se hoje que pelo menos 40% dos homens vão ter algum sinal algum sintoma da doença e 47% das mulheres também vão sofrer de alguma alteração decorrente da artrose.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 30 milhões de pessoas tratam dessa doença, então é um problema de saúde pública e o tratamento da artrose tem uma base importante e boa correlação com a alimentação. A perda de peso, mudança de hábitos de vida, intervenção médica com cirurgia, apesar que a cirurgia é o ápice da pirâmide e a última escolha após analisar se as medidas conservadoras terão resultado.

Os chamados nutracêuticos, produtos naturais formados por diversos componentes de forma concentrada, que proporcionam benefícios para a saúde e o bem-estar das pessoas é uma boa opção e os estudos com esses componentes estão sendo bastante estudados em busca de evidências para o seu uso.  

Os sintomas da artrose, mais comuns, são dor que piora com o movimento e piora muito com frio, melhora um pouco com o calor, gera uma certa deformidade e o joelho fica acometido e vai entortando cada vez mais e gerando perda de arco de movimento.

Além disso, a pessoa não consegue dobrar corretamente, não consegue esticar o joelho, tem uma atrofia muscular e o inchaço que é chamada de água no joelho ou derrame articular também está presente.

O raio-x ou outros exames de imagens mostram o grau da deformidade. Isso varia muito de pessoa para pessoa e a ressonância magnética sempre traz algum recurso a mais e a possibilidade de avaliar mais detalhes como por exemplo a extrusão do menisco ou chamado edema ósseo. 

 

O tratamento da artrose

 

O tratamento da artrose tem que começar o mais precoce possível. Quanto mais cedo existe intervenção médica, melhor é o prognóstico e posteriormente diminui a chance de chegar a necessidade de uma prótese de joelho, por exemplo.

O tratamento não cirúrgico evoluiu muito nos últimos anos, então os recursos da fisioterapia mudaram bastante. Analgesia, eletroestimulação, fortalecimento são recursos bastante usados e felizmente cada vez mais profissionais da área da Educação Física vem pesquisando e inovando na prescrição de atividades físicas para quem tem artrose.

No Brasil há diversos recursos novos como por exemplo a Artroscopia, a Subcondroplastia que é uma espécie de pasta de fosfato de cálcio embaixo da área onde se sente dor.

Existe também a Osteotomia, as próteses minimalistas  como por exemplo a prótese de metal e o  estágio final que a prótese total de  joelho mas o ideal é que o paciente  nunca chegue lá.

Alimentos proibidos para quem tem artrose. 

Ao se alimentar mal, tanto do ponto de vista de qualidade quanto de quantidade de alimento, existem dois grandes problemas: 

  • Ao ganhar peso total no corpo, aumenta também o peso nas articulações. Pessoas com maiores índices de gordura corporal possuem também mais células inflamatórias circulando no sangue: a Interleucia 6 e o Fator de Necrose Tumoral alfa. 

Essas enzimas inflamatórias são produzidas no tecido adiposo (tecido gordusoso) e caem na corrente sanguínea e são as mesmas enzimas que causam problemas cardiovasculares. 

A pessoa que tem mais índice de gordura e faz alguma atividade física, mesmo que seja a caminhada ou um exercício de menor intensidade, tem mais reação inflamatória. Essa reação inflamatória é o que deixa o joelho inchado, por exemplo, está inflamado. 

  • O outro problema, relativamente novo é que até pouco tempo não se conhecia o chamado “estresse oxidativo”. 

Haverá a lista dos oito principais alimentos que tem que ser banido do seu dia a dia. Ao ingerir alimentos de má qualidade, o nosso corpo ao realizar a digestão libera lixos dessa digestão chamada de “radicais livres” que são extremamente tóxicos para o nosso corpo. 

A partir do momento que esses radicais livres caem na corrente sanguínea nosso fígado passa a metabolizar mal as outras substâncias no nosso corpo e passa a produzir mais gordura. O nosso músculo para de captar glicose de maneira efetiva existe a chamada Resistência Insulínica. O paciente pode, então, desenvolver o Diabetes do tipo 2. As nossas veias e artérias começam a acumular aquele colesterol ruim (LDL) e elas ficam doentes mais duras e predispõe até infarto e o derrame cerebral.

O hipotálamo, localizado no nosso cérebro é o nosso centro de saciedade. Ele para de funcionar e há perda da sensação de saciedade quando há acumulo de gordura no corpo. O apetite aumenta e a vontade é de comer cada vez mais isso agrava mais o problema.

Pensando em artrose, os radicais livres agem de maneira ruim da nossa cartilagem aumentando a destruição cartilaginosa e acelerando o desgaste cartilaginoso.

Lista de alimentos proibidos para quem tem artrose

Segundo a Sociedade Internacional de Estudo da Artrose, são esses: 

  • 1 – Refinados

O topo da lista seria o chamado os alimentos refinados. Inclusive sobre os adoçantes, existe um estudo bem interessante que envolveu 1300 pessoas de 20 a 30 anos que ingeriam todos os dias algum alimento que tivesse algum adoçante ou açúcar refinado e o estudo concluiu que as pessoas acabam tendo cinco vezes mais chance de desenvolver alguns sintomas ligado artrose.

  • 2 – Carne Vermelha

Um estudo feito com 25 mil pessoas mostrou que quem consome muita carne vermelha aumenta o risco em seis vezes de ter algum sintoma ligado à artrose e predispõe a ter uma doença reumática muito conhecida entre nós homens que a Gota.

  • 3 – Alimentos ricos em glúten

Pão branco, torrada, cerveja. Sabemos que o glúten é extremamente inflamatório. Segundo a Sociedade Internacional de Estudo da Artrose ela desencadeia três vezes mais sintomas em quem consome e se trata de artrose.

  • 4 – Ultra-processados

Salsicha, peito de peru, presunto são alimentos extremamente inflamatórios.

  • 5 – Alcóol 

 Quem bebe aumenta o risco de ter doença na articulação em torno de 20% e aumenta muito risco de crise de gota também.

  • 6 – Alimentos ricos em Ômega 6

Óleo de milho, óleo de soja são exemplos de gorduras famosas em grande quantidade de ômega 6. 

  • 7 – Sal em excesso 

  • 8 – Frituras 

Como cada vez mais existem evidências sobre o poder dos alimentos sobre artrose, busco trabalhar em conjunto com os médicos nutrólogos e nutricionistas. O paciente que passa comigo muitas vezes é encaminhado para esses profissionais. 

A artrose tem que ser vista de uma maneira totalmente multidisciplinar e prescrição de atividade física, muitas vezes um paciente que tem indicação de um tratamento cirúrgico radical consiga ou adiar ou escapar totalmente.

Eu falei mais sobre isso neste vídeo do meu canal do YouTube:

 

Postagens similares

26 Comentários

  1. Oi gostaria de saber se existe algum medicamento além dos alimentos que já foram ditado neste comentário que possa ajudar nos a leva uma vida normal sem dor ?

  2. Gostaria de saber se quem tem artrose no joelho e quadril pode fazer aqueles exercícios para ficar de cócoras, em que você tenta ficar nessa posição. Obrigada

  3. Tenho artrose nos 2 joelhos já com indicação cirurgia com prótese.
    Tenho muitas dores.
    Uso bengala.
    É possível não fazer cirurgia
    Tem como tratar sem passar por esse procedimento?
    Atrás de.meu joelho tem umas bolotas moles.
    O que é isso?
    As dores na canela e atrás da coxa tem a ver com a artrose também ?

  4. Tenho artrite e artrose nas mãos e no tornozelo do pé direito e já estar fazendo aquele barulho com se fosse um osso passando no outro o que eu devo fazer?Tem cura.

  5. Tenho artrose no dedo das mãos e doe muito, também na coluna, já fiz intervenção de dor na coluna melhor muito, mas a mão é muita dor. O que fazer com essas dores, me dê uma dica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *