fbpx
 

O que é Osteoartrite? Um guia completo!

Osteoartrite

O que é Osteoartrite? Um guia completo!

A osteoartrite – artrose ou osteoartrose- é, geralmente, uma doença progressiva nas articulações sinoviais devido à falha no reparo de danos articulares.

Pode iniciar em qualquer um dos tecidos articulares, incluindo a cartilagem, osso subcondral, ligamentos, meniscos, músculos periarticulares ou sinóvia. Isso, por fim, resulta em um colapso da cartilagem e do osso, causando sintomas de dor, rigidez e incapacidade funcional.

As definições de gravidade baseiam-se em classificações radiológicas que avaliam diminuição do espaço articular, deformidades e osteófitos, que são novas formações ósseas nas periferias das articulações. A fisiopatologia dessa condição é muito mais complexa do que isso, envolve uma série de mudanças no nível celular que levam à degeneração.

 

Como acontece a Osteoartrite?

 

A cartilagem articular, é responsável pelo movimento saudável. Sua estrutura é uma rede feita, principalmente, de água, colágeno, proteínas glicosiladas e células altamente especializadas conhecidas como condrócitos.

A cartilagem articular não volta a crescer sozinha e é desprovida de vasos sanguíneos e nervos, por isso a capacidade dos condrócitos de regenerar cartilagem é limitada. Os danos passam por estágios, começando por fibrilação matricial, a rede de cartilagem, conhecida como matriz, começa a suavizar, deixando fissuras ou espaços entre as células que leva a fragmentação progressiva de colágeno e proteínas.

Em um terceiro estágio da doença, ocorre uma resposta inflamatória do corpo aos dois primeiros estágios gerando danos importantes. Osteófitos começam a crescer e podem causar dor se começarem a irritar tecidos com os quais entram em contato.

 

Leia também: As 10 principais causas de inchaço nos joelhos

 

A osteoartrite também pode levar ao desenvolvimento de cistos ósseos e lesões da medula óssea, parte mais interna do osso, e podem ser atribuídos à remodelagem causada pelo movimento articular inadequado. Normalmente, lesões de medula óssea e cistos ósseos ocorrem no osso subcondral, região abaixo da camada de cartilagem da articulação.

 

Quais as causas da Osteoartrite?

 

  • Degeneração por envelhecimento,
  • Obesidade,
  • Sobrecarga diária (somatório de microtraumas por esporte/atividades laborais),
  • Desalinhamento das articulações,
  • Predisposição familiar,

Quais os sintomas da Osteoartrite (Artrose)?

 

A dor na artrose é do tipo mecânica, ou seja, é a dor relacionada ao movimento. Essa dor inicia logo pela manhã devido à imobilidade do período noturno, apresentando melhora durante o dia e torna-se pior à tarde, devido aos esforços.

Pode levar à incapacidade progressiva, gerando até mesmo dor em repouso. Pode apresentar crepitação, derrame articular e desvios, progressivos de eixo dos membros (geno valgo – ‘perna em x’- e geno varo, perna com joelhos arqueando para fora).

Seu joelho tem alinhamento varo ou valgo Saiba como identificar e como funciona o tratamento

Como ocorre a prevenção da osteoartrite?

 

A melhor forma para manter as articulações saudáveis por mais tempo é por meio aquela famosa frase dos ortopedistas que os pacientes não gostam muito de ouvir: ’praticar atividades para o fortalecimento’. A base de prevenção ocorre pelo autocuidado e melhoria dos hábitos de vida. Todas as revisões da literatura apontam para: atividade física regular, emagrecimento, educação sobre a doença e para o autocuidado.

 

Leia também: Quais são os benefícios da viscossuplementação no joelho?

Formas de tratamento da Osteoartrite

 

O tratamento deve ser integral e individualizado. Ocorre por meio de uma combinação de medidas não farmacológicas, farmacológicas e cirurgias.

 

Partindo do tratamento conservador, existem diversas recomendações e opções terapêuticas, como:

  • Medidas de autocuidado,
  • Melhora dos hábitos de vida,
  • Controle ponderal,
  • Atividade física regular e fortalecimento muscular,
  • Medidas não farmacológicas e farmacológicas para controle da dor,
  • Viscossuplementação com ácido hialurônico e corticoides intra-articulares.

 

Como tratamentos cirúrgicos clássicos, existem:

  1. Artroscopia (que tem sua indicação limitada em casos muito específicos de, por exemplo: casos agudos de bloqueio articular por corpo livre ou interposição de fragmento de menisco). Em 2013, Sihvonen e colaboradores, publicaram um ensaio clínico randomizado e não encontraram benefício na realização da artroscopia para lesão degenerativa sintomática.
artroscopia joelho

artroscopia joelho

2. Osteotomias varizante ou valgizante: procedimentos para reestabelecer o alinhamento do membro, distribuir melhor a carga entre os compartimentos, promovendo alívio dos sintomas. Tem melhor indicação em pacientes mais jovens e ativos. É contraindicada em casos avançados.

 

 

  1. Artroplastia: unicompartimental (nos casos em que a artrose é localizada em um dos compartimentos) ou total, que é a substituição das superfícies articulares por peças metálicas e de polietileno. Indicada na falha do tratamento conservador, nos casos de artrose avançada que acomete mais de um compartimento. É o recurso final.

 

Eu produzi este vídeo, falando sobre uma possível cura da osteoartrite (artrose). Será que ela é possível? Veja no vídeo.

Tratamentos modernos para a osteoartrite

 

A subcondroplastia, vem sendo cada mais empregada como opção terapêutica. A progressão acelerada da osteoartrose é comum em pacientes com edema ósseo, a técnica consiste na aplicação de um substituto ósseo sintético à base de fosfato de cálcio subcondral, ou seja, no local do edema ósseo e tem como objetivo melhorar a qualidade estrutural do osso subcondral visando prevenir o colapso ósseo e progressão da artrite.

 

Terapias regenerativas

 

Com o objetivo de reduzir a velocidade do desgaste e tentar reverter as lesões, vem sendo explorada as terapias regenerativas.  Temos os exemplos de procedimentos ortobiológicos, como as injeções de plasma rico em plaquetas e de célula-tronco mesenquimal.

Atuam reduzindo as reações inflamatórias mediadas pelas citocinas, induzem a diferenciação de condrócitos através de fatores de crescimento e células-tronco. Esses métodos são favoráveis, porém, ainda estão em desenvolvimento. São tratamentos ainda não regulamentados no nosso país.

Tratamentos promissores usando bisfosfonatos também estão em andamento, mas só podem funcionar para um grupo específico de pacientes com osteoartrite. Esse tipo de medicação pode ser útil para quem tem lesões de medula óssea e está nos estágios iniciais da osteoartrite.

Com o avanço da compreensão, novas opções de tratamento para osteoartrite podem começar a dar esperança a quem tem a condição.

 

REFERÊNCIAS

  1. Deloney M, Garoosi P, Dartora VFC, Christiansen BA, Panitch A. Hyaluronic Acid-Binding, Anionic, Nanoparticles Inhibit ECM Degradation and Restore Compressive Stiffness in Aggrecan-Depleted Articular Cartilage Explants. Pharmaceutics. 2021 Sep 18;13(9):1503. doi: 10.3390/pharmaceutics13091503. PMID: 34575579; PMCID: PMC8469381.
  2. Ilieva EM. Are exercise interventions beneficial for people with hip and knee osteoarthritis? – A Cochrane Review summary with commentary. Musculoskelet Sci Pract. 2019 Dec;44:102041. doi: 10.1016/j.msksp.2019.07.005. Epub 2019 Jul 20. PMID: 31377189.
  3. Katz JN, Arant KR, Loeser RF. Diagnosis and Treatment of Hip and Knee Osteoarthritis: A Review. 2021 Feb 9;325(6):568-578. doi: 10.1001/jama.2020.22171. PMID: 33560326; PMCID: PMC8225295.
  4. Madry H., van Dijk C.N., Mueller-Gerbl M. The basic science of the subchondral bone. Knee Surg Sports Traumatol Arthrosc. 2010;18(4):419–433.
  5. Mora, Juan C et al. “Osteoartrite de joelho: fisiopatologia e modalidades de tratamento atuais.” Journal of pain research 11 2189-2196. 5 de outubro de 2018, doi:10.2147/JPR. S154002
  6. Surmenev R.A., Surmeneva M.A., Ivanova A.A. Significance of calcium phosphate coatings for the enhancement of new bone osteogenesis – a review. Acta Biomater. 2014;10(2):557–579.
  7. Phillips RE. Review of Hip and Knee Osteoarthritis. 2021 Jun 22;325(24):2504-2505. doi: 10.1001/jama.2021.6018. PMID: 34156415.
Dr. Adriano Leonardi
[email protected]

Dr. Adriano Leonardi possui 20 anos de experiência em Ortopedia. É Médico Ortopedista Especialista em Joelho; Mestre em Ortopedia e Traumatologia; Médico do Esporte; Membro da Diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva; Colunista e Consultor dos Sites 'Eu Atleta' e 'Globo Esporte'. Agende sua Consulta: (11) 94754-9183

6 Comentários
  • Luiz
    Postado as 10:24h, 17 novembro Responder

    Então essa foi minha pergunta ao ortopedista com quem me consultei, tem cura, ele não aí respondi tá bom ele passou os medicamentos fisioterapia e um analgésico, mas por minha conta e risco optei por aprender a conviver com o problema é as dores r assim tenho feito.

  • Maria Manuela
    Postado as 20:51h, 18 novembro Responder

    Muito obrigada pelos esclarecimentos, Dr. Leonardi. Tenho gonartrose grau 4 no joelho direito, fiz operação há um ano ( facectomia do retináculo externo e microperfurações no fémur e rótula) …mas a verdade é que o joelho quase sempre anda inflamado. Tenho 55 anos, sou muito ativa e adoro dançar! Acredito que ainda vai surgir algo que cure estas situações.

    Manuela – Aveiro , Portugal

    Gratidão. Sou fã dos seus vídeos! É um grande médico, pena estar longe, mas se tivesse solução, eu ia aí no Brasil 🙂

  • Marta
    Postado as 23:34h, 20 novembro Responder

    Obrigada Dr Adriano, muito boa sua matéria,eu vivencio tudo isso com essa danada artrose,sem muita melhora

  • Samir Muhanak Dib
    Postado as 09:24h, 22 novembro Responder

    Quero dar o meu testemunho como paciente tenho artrose no tornozelo com dores horriveis, após passar pelo Dr. Adriano médico competente e gentil, fiz um tratamento com aplicações e melhorei bem consigo andar sem dor, passei a ter qualidade de vida. Obrigado Dr. Adriano.

  • Fábio
    Postado as 20:02h, 22 novembro Responder

    Olá,Dr. Adriano !

    Dr.Adriano você já realiza Terapias regenerativas pacientes artrose quadril na sua clínica ?

    Terapia indicado casos artrose quadril grau 3 ?

    Obrigado!

Poste um Comentário

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?