fbpx
 

O que é a Lesão do Ligamento Colateral Medial – LCM

Home > Joelho > Ligamentos > Lesão do Ligamento Colateral Medial – LCM > O que é a Lesão do Ligamento Colateral Medial – LCM

Lesão do Ligamento Colateral Medial – LCM

As lesões do ligamento colateral medial (LCM) do joelho são lesões muito comuns relacionadas a esportes de contato como o futebol, rugby, judô, futsal e basquete. De todas as lesões ligamentares que o joelho pode sofrer, o LCM é o ligamento do joelho mais comumente lesado.

 

+ Lesão do Ligamento Colateral Medial

 

Anatomia – O que é o Ligamento Colateral Medial?

Conforme a figura abaixo, o ligamento colateral medial (LCM) divide-se em três camadas distintas. A primeira camada é a chamada fáscia profunda, que consiste na fáscia do sartório anteriormente e uma fina camada posteriormente. A fina fáscia posterior cobre a fossa poplítea e as cabeças do músculo gastrocnêmio.

 

A segunda camada é conhecida como ligamento colateral medial superficial ou ligamento colateral tibial. Este ligamento nasce no epicôndilo femoral medial e se insere na tíbia distal, aproximadamente 4-5 cm abaixo da linha articular.

 

A terceira camada é a cápsula articular do joelho. A cápsula é dividida em terços de anterior para posterior. O terço anterior da cápsula é a porção mais fina. Está ligado ao corno anterior do menisco medial e é reforçado pelo retináculo medial. O terço médio da cápsula consiste no ligamento colateral medial profundo. Está firmemente preso ao corpo médio do menisco medial. Proximal ao implante meniscal, é denominado ligamento meniscofemoral. O terço posterior da cápsula inclui o ligamento oblíquo posterior (LPO) e o ligamento poplíteo oblíquo.

anatomia do joelho - ligamento colateral medial

Função do ligamento colateral medial (LCM)

O ligamento colateral medial (LCM) possui diversas funções, sendo a principal delas o que chamamos de estabilidade em valgo. Valgo é o nome dado ao movimento onde temos uma torção do joelho, direcionada para dentro (medialmente). Além disso, o ligamento colateral medial também estabiliza e “segura” o movimento de rotação externa da tíbia, em relação ao fêmur. Em termos mais gerais e sem tantos jargões, o ligamento colateral medial é aquele que “segura” o joelho para que ele não seja torcido em excesso para a parte de dentro da perna.

 

Outra função importante é a de auxiliar o ligamento cruzado anterior, principalmente quando o joelho se encontra esticado.

 

Dados estatísticos

 

Na lesão do ligamento colateral medial (LCM), o ligamento cruzado anterior (LCA) é lesado em aproximadamente 20% das lesões grau 1 e em até 78% das lesões grau 3. O menisco medial é lesado 5-25% do tempo; a incidência aumenta com a gravidade da lesão do ligamento colateral medial. O ligamento cruzado posterior (LCP) pode ser lesado, mas nenhuma incidência foi relatada.

Causas da Lesão do Ligamento Colateral Medial

O ligamento colateral é lesionado em diferentes mecanismos. Os 3 principais são:

 

jogada no futebol que causou lesão do ligamento colateral medial– Trauma contuso no joelho ou entorses (geralmente quando o pé fica “preso”), que geram um quadro de valgo acentuado. Neste caso, podemos ter tanto rupturas parciais, quanto totais. O exemplo clássico é aquela entrada que o jogador de futebol recebe na parte externa do joelho, forçando a abertura da região interna.

 

– Mecanismos externos, que ocorrem quando temos uma combinação de estresse constante em valgo, geralmente associado a uma força de rotação externa.

 

– Estresse constante em valgo, com cargas. Por exemplo, uma pessoa que realiza muitos exercícios com salto e tem uma presença constante de valgo. O mesmo pode ocorrer com praticantes de esportes cíclicos, como a corrida, com valgo.

Sintomas da Lesão do Ligamento Colateral Medial

Os sintomas mais comuns na lesão de ligamento colateral medial são:

  1. inchaço no joelho causado por lesão do ligamento colateral medialDor na parte medial (interna) do joelho (figura 3);
  2. Inchaço (Edema) e hematoma que, após alguns dias, pode descer pela perna até o tornozelo;
  3. Hemartrose: Trata-se de um derramamento de sangue dentro da articulação. No caso das lesões do ligamento colateral medial, este é um sintoma raro, devido ao fato de este ser um ligamento extra-articular. Por isso, quando presente, suspeitamos sempre de lesão associada ao ligamento cruzado anterior;
  4. Incapacidade de flexionar o joelho: isso pode ser causado, tanto pela dor, quanto por bloqueios mecânicos de estruturas lesionadas dentro do joelho;
  5. Atrofia muscular da coxa: Assim como em outras lesões no joelho como a artrose e a condromalácia, ocorre tardiamente, caso a dor persista. A isso chamamos de inibição artrogênica do quadríceps.

Independente da gravidade dos sintomas, quando a lesão do LCM não é bem diagnosticada e tratada, eles podem persistir por muito tempo, gerando incapacitação plena ao esporte e para atividades do dia a dia.

Graus da lesão do ligamento colateral medial

Grau 1

 

Nas lesões de ligamento colateral medial grau 1, temos apenas um estiramento, que na maioria das vezes, é causado por entorse.

 

Neste caso, a lesão é incompleta e não afeta a parte estrutural do ligamento. A recuperação é rápida (entre 2 e 4 semanas) e não afeta a parte estrutural do ligamento. Felizmente, é a mais comum delas.

 

Grau 2

 

Nas lesões de ligamento colateral grau 2, temos uma ruptura parcial do ligamento. Ou seja, apenas algumas fibras dele se rompem. Neste caso, é comum do paciente sentir algum grau de instabilidade na articulação e dores. No geral, estas lesões levam de 4 a 8 semanas para cicatrizar e não tem necessidade de cirurgia.

 

Grau 3

 

No grau 3, temos o rompimento total do ligamento colateral medial. Neste caso, temos uma enorme instabilidade na região de dentro (medial) da articulação, com limitação dos movimentos. Quando temos uma lesão de grau 3 no ligamento colateral medial, a estrutura do joelho como um todo, acaba ficando comprometida, gerando incapacidade para determinados movimentos e gestos esportivos. No futebol, por exemplo, o toque de bola de “chapa do pé” fica comprometido. O jogador sente que o joelho “abre” durante o esporte.

 

Há casos onde não há necessidade de cirurgia, mas eles são incomuns. No geral, o tratamento passa por uma abordagem cirúrgica e o tempo de recuperação varia de 8 a 12 semanas.

11 Comentários
  • Joice Cleia
    Postado as 15:54h, 29 abril Responder

    meu nome e Joice Cleia Sofri um acidente a três mês e tiver um ropimento total de 3 grau no LCM e no LCA e tenho sentido muito dor não consigo mais trabalhar pq sou cabeleireira e passo muito tempo em pé e incha muito minha perna e tenho muito falseio oque fazer?

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 11:07h, 04 maio Responder

      Oi, Joice.

      Para te responder isso, precisaria te examinar e ver as imagens de seus exames.
      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar.

      Se tiver dificuldade em consulta presencial, meu link para Telemedicina é https://adrianoleonardi.com.br/telemedicina/

      O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021
      whatsapp: (11)940065262

      Cordialmente,

      Dr Adriano Leonardi
      CRM/SP 99660

  • Ana Cristina
    Postado as 12:13h, 05 maio Responder

    Bom dia… gostaria de saber se é possível ter essa lesão ao se agachar?

  • Tiago Gomes
    Postado as 21:06h, 12 maio Responder

    Um homem de 34 anos de idade sofreu uma força em valgo enquanto jogava futebol. Diagnóstico: entorse no ligamento colateral medial do joelho direito em primeiro grau.
    E esse homem na avaliação queixa-se de dores e uma pequena edema local, mancha levemente claudicante.

    QUAL OS ALONGAMENTOS QUE PODEM SER REALIZADOS Doutor?

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 09:44h, 18 maio Responder

      Oi, Oziel

      Para te responder isso, precisaria te examinar e ver as imagens de seus exames.
      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar.

      Se tiver dificuldade em consulta presencial, meu link para Telemedicina é https://adrianoleonardi.com.br/telemedicina/

      O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021
      whatsapp: (11)940065262

      Cordialmente,

      Dr Adriano Leonardi
      CRM/SP 99660

  • Triskaël
    Postado as 13:47h, 03 junho Responder

    Boa tarde!
    Muito grata pela informação, bem explicada e completa.
    Fiz essa lesão a praticar muay thai, e apesar de ter inchado pouco e nem ficou negro,tive 1 mês sem conseguir dobrar o joelho e só agora ao fim de 3 meses recuperei a mobilidade total,apesar de sentir as tais dores das adesões, que têm vindo a melhorar com yoga,meditação e paciência!
    Uma questão, numa imagem deste artigo, põe o L.C.M. do lado da fíbula, mas desse lado é o lateral, suponho que seja um lapso…
    Mais uma vez,muito grata pois tanto o artigo como o vídeo foram muito úteis!
    Patrícia

  • Cris
    Postado as 10:59h, 22 junho Responder

    Bom dia Dr. Adriano!
    Estou com um traumatismo no joelho direito. Tive uma melhora parcial com a medição.
    Mas, tive uma rotura parcial de alto grau da inserção femoral do complexo do retináculo medial da patela e parcial de sua inserção patelar, edema músculo vaso medial oblíquo. Defeito condral terço inferior patelar, corpo livre medial.
    Gostaria de saber se mesmo com as lesões pode fazer exercícios físico. Neste caso, de fortalecimento ?

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 16:48h, 24 junho Responder

      Oi, Cris

      Para te responder isso, precisaria te examinar e ver as imagens de seus exames.
      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar.

      O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021
      whatsapp: (11)94754-9183

      Se tiver dificuldade em consulta presencial, meu link para Telemedicina é https://adrianoleonardi.com.br/telemedicina/

      Cordialmente,

      Dr Adriano Leonardi
      CRM/SP 99660

  • Bruno
    Postado as 10:37h, 27 julho Responder

    Bom dia, Dr. Adriano.

    Tive um entorse no joelho, e recebi a seguinte conclusão no laudo da minha ressonância:

    Rotura completa do ligamento colateral medial a cerca de 2,0 cm da sua inserção femoral, associada a edema das partes moles adjacentes.
    Lesão parcial da inserção femoral do ligamento patelo femoral medial sem sinais de ter havido luxação patelo femoral.
    Pequena rotura parcial proximal do ligamento cruzado anterior.

    Nesse caso ha necessidade de cirurgia? A cirurgia será apenas no LCM?

    • Dr. Adriano Leonardi
      Postado as 09:26h, 03 agosto Responder

      Oi, Bruno

      Para te responder isso, precisaria te examinar e ver as imagens de seus exames.
      Se puder passar em consulta comigo, será um prazer pode te ajudar.

      O endereço e telefones do consultório sao:

      Rua Bento de Andrade,103
      Ibirapuera SP/SP
      Tels. (11) 2507 9021
      whatsapp: (11)94754-9183

      Se tiver dificuldade em consulta presencial, meu link para Telemedicina é https://adrianoleonardi.com.br/telemedicina/

      Cordialmente,

      Dr Adriano Leonardi
      CRM/SP 99660

Poste um Comentário