As 10 principais dúvidas sobre a Prótese de Joelho

As 10 principais dúvidas sobre a Prótese de Joelho

Compartilhe:

1. O que é a prótese de joelho

A prótese de joelho é um artefato composto da liga titânio-cobalto e cromo de altíssima resistência e durabilidade divididas em 2 partes: uma no fêmur e outra na tíbia com um componente chamado de polipropileno, servindo como um amortecedor entre as duas partes.

Prótese de Joelho

2. Quais as indicações para a prótese?

A prótese de joelho é indicada para pessoas com artrose do joelho que não melhoraram com o tratamento não cirúrgico, que possuem os sinais cardinais da doença como a dor, deformidade, inchaço. Pessoas que vem perdendo a qualidade de vida e independência são os mais beneficiados.

+ Prótese do Joelho – Quem Deve Ser Submetido

3. O que acontece se eu não for operado (a)?

Se houver indicação formal e absoluta para a prótese e esta for a única solução e a cirurgia não for realizada, haverá progressivamente perda da capacidade de locomoção e, consequentemente, agravo das doenças ligadas ao sedentarismo como a hipertensão arterial, diabetes, depressão, asma, etc.

+ Cirurgia de Prótese Total do Joelho

4. Tenho artrose avançada, mas não tenho idade para a prótese. Tenho que aguardar a idade para fazer?

Não necessariamente. A idade ideal para a prótese de joelho é de 60 anos para mulheres e 70 para homens. Mas, dependendo do grau da artrose e da presença ou não de doenças reumáticas como a artrite reumatoide, pacientes mais jovens podem se beneficiar (e muito) com a cirurgia, especialmente aqueles que sofreram acidentes traumáticos no passado.

5. A prótese de joelho tem durabilidade?

Este é um tópico controverso. Se bem realizada e poupada pelo paciente, acredita-se que dure de 30 a 40 anos. Este período tende a cair em pacientes obesos e que submetem a prótese a muito impacto. Se houver erro técnico durante a cirurgia, a prótese tende a durar menos também.

6. A prótese de joelho tem rejeição?

Não, isso é um mito. O termo popular “rejeição” refere-se a duas das principais complicações da prótese: a soltura e a infecção. Como descrito na pergunta 09, isso pode ocorrer por um problema técnico ou pelo perfil do paciente (obesidade, tabagismo e baixa imunidade).

7. Quem fez a prótese de joelho pode praticar esportes?

Sim!

Cada vez mais a medicina esportiva evoluído neste sentido. O mito de que a prótese de joelho se soltaria em que fosse mais ativo tem caído por terra e, cada vez mais, temos desenvolvido protocolos de fortalecimento e incentivado pacientes a praticarem atividades físicas, principalmente as de baixo impacto como o ciclismo, trekking, tênis de dupla, natação, entre outros. Esportes de contato como o futebol e lutas ainda são contraindicados.

+ Prótese do Joelho – Como é Feita a Cirurgia

8. Como é o pós-operatório da prótese de joelho?

a) No hospital

A conduta que minha equipe adota é de o paciente sempre durma 1 ou 2 noites na UTI para que complicações cardiovasculares decorrentes da perda sanguínea inicial seja evitada. A seguir, o paciente é levado ao leito, se possível, é realizada a instalação do aparelho CPM (continous passive motion) para que se consiga dobrar e esticar o joelho nos primeiros dias e o paciente é estimulado a deambular com auxilio de um andador.

b) Em casa

Entre o 3º e o 4º pós-operatório, o paciente recebe alta e inicia imediatamente a fisioterapia e hidroterapia (se possível).

Entre a 6ª e 8ª semana, o paciente é estimulado a deixar o andador e inicia-se o processo de fortalecimento.

Entre o 4º e o 6º mês, fazemos a transição para a academia e retorno gradual ao esporte.

9. Quais as complicações da prótese de joelho?

Apesar de terem baixos índices, as complicações da prótese de joelho incluem:

  • Infecção;
  • Soltura (que pode ou não estar ligada à infecção);
  • Dor pós-operatória;
  • Complicações de ferida;
  • Complicações vasculares como a trombose venosa profunda.

 

Importante ressaltar que todas elas são minimizadas e praticamente anuladas quando:

  • Existe boa indicação;
  • Quando a prótese é de um bom fabricante;
  • Quando executada em um hospital com equipe de enfermagem e fisioterapia treinadas para receber cirurgias deste porte e com controle rigoroso de infecção hospitalar;
  • Quando executada por mãos experientes;
  • Quando bem reabilitada;
  • Quando realizada no paciente ideal: peso controlado, não tabagista, sem doenças concomitantes e cooperativo às instruções médicas.

 

10. Quais os benefícios que terei com a prótese de joelho?

Sem duvidas, o maior beneficio é o ganho de qualidade de vida. O alivio da dor e correção da deformidade traz de volta a vontade de se tornar ativo(a) e independente. O aumento da atividade física tem impacto positivo direto nas doenças ligadas ao sedentarismo como a hipertensão arterial, diabetes, depressão, asma; com a redução ou eliminação da dose de medicamentos de uso continuo. Enfim, traz a vida de volta ao indivíduo!

 

Continue Lendo

 

+ O que é Artrose no Joelho
+ Tratamento da Artrose no Joelho Sem Cirurgia
+ Tratamento da Artrose no Joelho Com Cirurgia
+ Prevenção da Artrose no Joelho

 

Veja mais sobre Prótese Total do Joelho: 

 

 


Compartilhe:
Dr. Adriano Leonardi
dr@adrianoleonardi.com.br

Dr. Adriano Leonardi possui 20 anos de experiência em Ortopedia. É Médico Ortopedista Especialista em Joelho; Mestre em Ortopedia e Traumatologia; Médico e Fisiologista do Esporte; Membro da Diretoria da Sociedade Paulista de Medicina Desportiva; Colunista e Consultor dos Sites 'Eu Atleta' e 'Globo Esporte'. Agende sua Consulta: (11) 2507-9021 ou 2507-9024

1 Comentário

Poste um Comentário